quarta-feira, 15 de junho de 2011

O milagre da vida

Uma pequena sementinha, germinando em terra fértil, protegida no colo do ùtero quentinho de uma mãe.
Nem se formou por completo, e já sente que em breve suas pequeninas folhas brotarão pelas forças de uma esperança tão sutil.
Enquanto espera, no conforto das mãos de Deus, suas celulas se multiplicam, e responde, reconhecendo o amor que á espera.
Preguiçosamente, sente o afago que a balança entre o vai e vem de sua amada.
Aquela que a carrega, por nem um segundo sequer a esquece, preocupando-se com seu bem estar.
Uma aliança já se formou entre ela e aquela que em breve chamará de mãe.
Essa criatura tão importante, preparou-lhe de antemão, um belo ninho de comodidade e atenção.
A sementinha cresce no aconchego de um rio que se formou dentro de um coração que a desejou.
E...seguramente espera pelo dia em que verá o sol pela primeira vez. Também conhecerá um rosto iluminado pela felicidade, testemunhará a primeira lágrima de amor.
E, por toda a vida esse belo rosto a acompanhará!
Falta pouco para que seja completa, mas já entende o chamado de dois amores que cruzaram-se entrelaçaram-se, amaram-se e participaram do milagre da fecundação.

Autora: Hertinha

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Agradecimentos

Para aqueles que deixaram mensagens carinhosas a respeito da minha pessoa.
Sou leiga, quando se trata de internete, estou dando meus primeiros passinhos e ainda não sei bem lidar com isso, conto muito com a ajuda de minha filha. Por isso peço desculpas por não ter deixado quase nada escrito pelos blogs que passei.
Mas isso não quer dizer que não li!
Gostei muito de cada um deles. Todos tem conteùdo, e seus idealizadores estão de parabéns.
Quanto mais vou enfrentando o meu medo de navegar, mais vou acelerando um jeito novo de aprender.
Acredito que com a ajuda de cada um de vocês, cada dia serà mellhor

Agora vou falar um pouco de mim:

Nasci em mil novecentos e sessenta no bairro do funil, municìpio de Piedade, Estado de São Paulo.
Sou do signo de sagitário, como todos desse signo, sou sonhadora, cultivo em mim a semente do bem querer, e gosto das pessoas que não param no tempo, que estão sempre em busca de conhecimento.
O conhecimento deixa as pessoas mais sensíveis e preparadas para enfrentar os seus problemas.
Também, quem adquire conhecimento, difícilmente serão enganadas.
A vida só tem sentido se buscamos na experiência o caminho certo a seguir.
E é ela que faz cada ser se mover em busca de conhecimento de sí mesmo.
Quando nos conhecemos, passamos a conhecer os outros também, pois, somos todos iguais, sentimos dores, fome, frio, cansaço. Amamos, odiamos, sorrimos, choramos.
Buscamos forças para continuar em alguma coisa que nos satisfaça, sejam elas, nos amigos ou nos familiares.
Por isso, siga sempre teu caminho de olho no futuro, mas não se esqueça de viver o presente, porque é justamente o presente que faz um futuro glorioso e cheio de magia.

domingo, 5 de junho de 2011

Saudade da juventude

Como foi bom meus dias de mocidade, quando conservava em mim o frescor de todas as manhãs.
Quando o meu coração cultivava a esperança de realização de todos os meus sonhos.
O caminhar era sobre nuvens calmas e radiantes. O despertar era regido por acordes de violino convidando a bailar por mais um dia.
Quando a música cessava ao cair da tarde, e os sons noturnos saudavam a amada noite, eu festejava a bendita hora de descanso.
 Uma cama tão macia e cheirosa recebia com carinho meu corpo tão cansado. E o amigo travesseiro acomodava uma cabeça cheia de expectativas. Ele era fiel companheiro de sonhos e também de pesadelos.
Tudo terminava quando o galo cantava, anunciando que a noite findou, que um novo raiar de sol despontava no horizonte, promessa de continuídade do ciclo da vida e da sobrevivência.
E...sobre essa magia do vai e vem, o tempo passou.
Hoje já não sou mais uma criança, e o meu semblante já está muito cansado. O caminhar já não é tão seguro, nem tão doce o despertar.
Porque a cada dia que passa, sinto que é um dia a menos nesta jornada e que a estrada já não é tão longa quanto parecia.
Nem tampouco os sonhos são os mesmos, quase tudo de menina ficou para tráz.
As folhas já caíram e os galhos teimosamente cansados, buscam forças para continuarem verdes.
Os sonhos agora tomaram outros rumos, voltaram-se para os frutos que acabaram de nascer.
E que certamente, dançarão ao som da mesma música do meu passado,
Até se encontrarem igual a mim neste momento.
Saudosa da ourora da minha vida!


Autora: Herta

Você

Você é a saudade da juventude
O pulsar de um coração desencorajado
O hoje que não conhecerá amanhã
O presente que nunca será passado

Você é o limiar de uma paixão
A lágrima que rola de mansinho
A alegria de mãos dadas com a tristeza
Por não poder seguir pelo mesmo caminho

Você é o silêncio da madrugada
O que se espera e não acontece
A fonte que se vê de longe
Ao chegar perto desaparece

Você é uma paisagem linda
Que mais parece uma miragem
É o que se deseja e nunca alcança
Por faltar força e coragem

Você é o entardecer sem tarde
O arcoíris sem côr
È a vida que não pode ser vivida
Num coração cheio de amor

Roda viva

Roda, roda, roda viva
Vida roda, roda, roda
quanto mais a vida roda
Mais a vida quer rodar

Redemoínho, gira, gira
Gira, gira e rebobina
quanto mais se rebobina
mais a vida na bobina
Tende a se enrolar

Enrola, enrola devagarinho
No enrolar da vida, enrola
Quanto mais enrolado
Mais gostoso há de ficar

Vira, vira e se revira
No sabor que a vida vira
Quanto mais virada a vida
Mais a vida na virada
Há de se transformar.

Perto do fim

Entre rosas e espinhos escrevi minha história.
Entre sorrisos e lágrimas alcancei muitas vitórias.
Pedras e flôres, falsos amores,
verdade e mentira, calmaria e dores.
Entre silêncio e canções,
vendavais e furacões.
E no temporal que se formou
entre raios e trovões.
E em ramas e ramadas, enroscando e enroscada
Fiz do amor todo o meu mundo
e da saudade, minha estrada.
Fui cativa e cativada,
amei muito e fui amada.
Até tudo transformar-se em fumaça
e virar quase que nada.
Até quando verei esse céu?
Até quando provarei desse mel?
Quando é que virará fel?
Todo o meu futuro já virou passado.
Todo meu segredo já foi desvendado.
O arcoíris perdeu suas côres.
Cansei dos falsos amores.
A chuva parou
O jardim secou
Chegou minha hora
Até logo, vou embora.
Autora: Herta

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Palavras da Escritura Sagrada

João 5-v21

Pois assim como o Pai ressucita e vivifica os mortos, assim também o Filho vivifica aqueles a quem quer.

João 5-v24

Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, não entra em juizo, mas passou da morte para a vida.

João 5-v30

Eu nada posso fazer de mim mesmo na forma porque ouço, julgo. O meu juizo é justo porque não procuro a minha própria vontade, e, sim, a daquele que me enviou.

João 5-v39

Examinais as escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim.
Contudo não quereis vir a mim para terdes vida.
Eu não aceito glória que vem dos homens,
Sei, entretanto, que não tendes em vós o amor de Deus.
Eu vim em nome do meu Pai e não me recebeis; se outro vier em seu próprio nome, certamente o recebereis.
Como podeis crer, vós os que aceitais glória uns dos outros, e contudo não procurais a glória que vem do Deus único.

 João6-v27

Trabalhai não pela comida que perece, mas para a que subsíste para a vida eterna, a qual o filho do homem vos dará; porque Deus, o Pai, o confirmou com seu selo.

João6-v29 a 40

Respondeu-lhes Jesus: A obra de Deus é esta, que creiais naquele que por Ele foi enviado.
Em verdade vos digo: Não foi Moisés quem vos deu o pão do céu, o verdadeiro pão do céu é meu pai que vos dá.
Eu sou o pão da vida, o que vem a mim, jamais terá fome, e o que crer em mim jamais terá sede.
Todo aquele que o pai me dá, esse virá a mim, e o que vem a mim , de modo algum o lançarei fora.

João6-v44

Ninguém pode vir a mim se o pai que me enviou não o trouxer, e eu o ressuscitarei no último dia.
Está escrito nos profetas:
E serão todos ensinados por Deus. Portanto quem da parte de Deus tem ouvido e  aprendido, esse vem a mim. Não que alguém tenha visto ao Pai, salvo aquele que vem de Deus: Este o tem visto.

João 6-v63

O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita, as palavras que tenho dito, são espírito e são vida.


João6-v65

E prosseguiu:  Por causa disto é que vos tenho dito; Nínguem poderá vir a mim, se pelo Pai não for concedido.

João8-v3

Os escribas e fariseus trouxeram á sua presença uma mulher apanhada em adultério e, fazendo-a ficar em pé no meio de todos. Disseram a Jesus: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério.
E na lei nos mandou Moisés que tais mulheres sejam apedrejadas; tu, pois, que dizes?
Como insistissem na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse:  Aquele que dentre vós estiver sem pecado, seja o primeiro que lhe atire a pedra.
E tornando a inclinar-se, continuou a escrever no chão.
Mas, ouvindo eles esta resposta e acusados pela propria conciência, foram se retirando um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava.
Jesus falou: Mulher, onde estão seus acusadores, ninguém te condenou?
Ela respondeu: Ninguém Senhor.
Então lhe disse Jesus: nem eu tão pouco te condeno, vai e não peques mais.

João8-v15

Vós julgais segundo a carne, eu a ninguém julgo.

joão8-v31

Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

João8-v35

O escravo não fica para sempre na casa; o filho, sim, para sempre.
Se, pois o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.

João10

Em verdade, em verdade vos digo: O que não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, este é ladrão e salteador.
Aquele, porém que entra pela porta, esse é pastor das ovelhas.
Para este o porteiro abre, as ovelhas ouvem a sua voz, ele chama pelos nomes as suas próprias ovelhas e as conduz para fora.
Depois de fazer sair todas as que lhe pertencem, vai adiante delas, elas o seguem porque lhe conhece a vóz.
Mas de modo algum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz de estranhos.


João 13v14

Ora, se Eu,, sendo o Senhor e o mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu fiz, vós façais também.

João 14v34

Novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei, que também ameis uns aos outros,
Nisto conhecerão todos que sois meus discipulos, Se tiverdes amor uns aos outros.

João14 -v21

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama e aquele que me ama, será amado pelo meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele.

João14-v26

Mas o consolador, o Espirito Santo, a quem o Pai o enviará, esse vos ensinará todas as coisas e os fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.

Atos10-v35

Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas.
Pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitavel.

Atos10-v43

Dele todos os profetas dão testemunho  de que, por meio de seu nome, todo o que Nele crê, recebe remissão de pecados.

Atos11-v15

Quando comecei a falar, caiu o Espírito Santo sobre eles, como também sobre nós no princípio,
Então me lembrei da palavra do Senhor, como disse:
João, na verdade, batizou com água. Mas vós sereis batizados com o Espírito Santo.
Pois se Deus lhes concedeu o mesmo dom que a nós outorgou, quando cremos no Senhor Jesus, quem era eu para poder resistir.

Atos 15-v8

Ora, se Deus que conhece os corações, lhes deu testemunho, concedendo o Espírito Santo a eles, como também a nós concedera. E não estabeleceu distinção alguma entre nós e eles, purificando pela fé os corações.
Agora, pois, porque tentais a Deus, pondo sobre a serviz dos discipulos, um jugo que nem nossos pais puderam suportar, nem nós.
Mas cremos que fomos salvos pela graça do Senhor Jesus, como também aqueles o foram.

atos15-v19

Pelo que julgo eu, não devemos perturbar aqueles que, dentre os gentios se convertem a Deus.

Romanos2-v

Portanto és indesculpáveis quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque no que julgas a outro, a ti mesmo te condenas, pois pratica as mesmas coisas que condenas,


Romanos 3-v11

Porque para Deus não há acepção de pessoas.
Assim, pois todos os que pecaram sem lei. também sem lei perecerão, e todos o que com lei pecaram, mediante a lei serão julgados,
Quando, pois, os gentios que não tem lei, procedem por natureza de conformidade com a lei, servem eles de lei para sí mesmos.
Estes mostram as normas da lei nos seus corações. testemunhando-lhes também a consciência, e os seus pensamentos mutuamente, acusando-se e defendendo-se.
No dia em que Deus por meio de Cristo Jesus, julgar os segredos dos homens, de conformidade com o meu evangelho.

Romanos3-v29

Porém judeu é aquele que o é interiormente, e circuncisão a que é do coração, no espírito, não segundo a letra e cujo louvor não procede dos homens, mais de Deus.


Romanos3-v21

Mas agora, sem lei, se manifestou a justiça de Deus testemunhada pela  que lei e pelos peofetas,
Justiça de Deus mediante a fé em Jesus cristo, para todos e sobre todos os que crêem; porque não há distinção.
Pois todos pecaram e carecem da gloria de Deus.
Sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Jesus Cristo.

Romanos 6 -v14

Porque o pecado não terá dominio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, e sim, da graça.

Romanos 8 -v1

Agora, pois já não há nenhuma condenação para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do espírito da vida em Cristo jesus, te livrou da lei, do pecado e da morte.


Romanos 8- v5

Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne, mas o que se inclinam para as coisas do espírito, cogitam das coisas do espírito.

Romanos 8 -v14

Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.
Porque não recebestes o espírito de escravidão para viverdes outra vez atemorizados, mas recebestes o espirito de adoção, baseados na qual chamamos ABA. PAI.

Romanos 9-v24
`Porque na esperança fomos salvos, ora, esperança que se vê não é esperança, pois o que alguém vê como o espera?
Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos.

Romanos 9-v28

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.

Romanos 9-v15

Pois direi a Moisés:
Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia, e compadecer de quem me aprouver ter compaixão.
Assim pois não depende de quem quer, ou de quem corre, Mas de usar Deus a sua misericórdia,

Romanos9-v31

E Israel que buscava a lei de justiça, não chegou a atingir essa lei. Por quê?


E Israel que buscava a lei da justiça, não chegou a atingir essa lei. Por quê?
Porque não decorreu da fé, e sim, como que das obras. Tropeçaram na pedra de tropeço.


Romanos 12-v16

Tende o mesmo sentimento uns para com os outros, em lugar de serdes orgulhosos, condescendei com o que é humilde, não sejais sábios aos seus próprios olhos.

Romanos 13-v1Todo homem esteja sujeito as autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus, e as autoridades que existem, foram por Ele instituídas.

Romanos 13-v8

A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros. Pois quem ama o próximo, tem cumprido a lei.

Romanos14-v1

Acolhei ao que é debil na fé, não porém para discutir opiniões.
Quem és tu que julgas o servo alheio? Para o seu próprio Senhor está em pé ou cai, mas, estará em pé,, porque o Senhor é poderoso para o suster.
Tu, porém, porque julgas ao teu irmão? E tu, porque desprezas o teu? pois todos compareceremos perante o tribunal de Deus.

Romanos 15-v14

Eu sei, e disso estou persuadido no Senhor Jesus, que nenhuma coisa é de si mesma impura, salvo para aquele que assim  a considera.
Porque o reino de Deus não é comida, nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.
A´fé que tens, tem-na para ti mesmo perante Deus. Bem aventurado é aquele que não se condena naquilo que aprova,

Coríntios 3-v3a9

Porquanto havendo entre vós ciume e contendas, não é assim que sois carnais e andais segundo o homem?
Qando alguém, pois diz: Eu sou de Apolo, e outro, eu sou de Paulo, não é evidente que andais segundo os homens?
Quem é Paulo? E quem é Apolo?
Servos por meio de quem crestes, e isto, conforme o que Deus concedeu a cada um.
Eu plantei, Apolo regou. mas o crescimento veio de Deus.

Coríntios 3-v17

Se alguém destruir o Santuário de Deus, Deus o destruirá, porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado.

Coríntios4-v5

Portanto, nada julgueis antes do tempo, até que venha o Senhor, o qual não só trará a plena luz as coisas ocultas nas trevas, mas também manifestará os desígnios dos corações, e então cada um receberá o seu louvor da parte de Deus.

Coríntios5-v9

Já em carta vos escrevi que não vos associeis com os impuros:
Refiro-me com isso não propriamente aos impuros deste mundo, ou aos avarentos, pois nesse caso terieis de sair do mundo.
Mas agora vos escrevo que não vos associeis com alguém que, dizendo-se irmão, for impuro, ou avarento, com esse tal nem ainda comais.
Pois com que direito haveria eu de julgar os de fora? Não julgais vós os de dentro?
Os de fora, porém Deus os julgará, expulsai, pois, de entre vós o malfeitor.


coríntios7-v23

Por preço fostes comprados, não vos torneis escravos de homens.
Cada um permaneça diante de Deus naquilo em que fostes chamado.

Corintios 13

Ainda que eu fale a lingua dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine.

Coríntios 14-v19

Contudo, prefiro falar na igreja, cinco palavras com meu entendimento, para instruir outros, a falar dez mil palavras em outra lingua.

Corintíos14-v28

Mas, não havendo interpretes, fique calado na igreja, falando consigo mesmo e com Deus.

Coríntios5 -v18

Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que não se veem; porque as que se veem são temporais e as que não se veem são eternas.

Galatas2 -v16

Sabendo, contudo que o homem não é justificado por obras da lei e sim, mediante a fé em Jesus cristo, também nós temos crido em Jesus Cristo, para que fossemos justificados pela fé em Cristo e não pelas obras da lei, pois por obras da lei ninguém é justificado.

Galatas4-v23

Mas antes que viesse a fé, estavamos sobre a tutela da lei, e nela encerrados, para esta fé que de futuro haveria de  revelar-se.
De maneira que a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, a fim de que fossemos justificados por fé.
Mas, tendo vindo a fé, já não permanecemos subordinados ao aio,
Pois todos vós sois filhos de Deus, mediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo, de Cristo vos revestistes.
Dessarte não pode haver judeu, nem grego, nem escravo, nem liberto, nem homem, nem mulher, porque todos vós sois um em Cristo Jesus.
E se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão, e herdeiros segundo a promessa.

Galatas 4-V9

Mas agora que conheceis a Deus, ou antes sendo conhecidos por Deus, como estais voltando outra vez aos rudimentos(primeiras noções, principios) fracos e pobres, aos quais de novo querieis escravizar-vos?

Galatas 4-v21

Dizei-me vós, o que querieis estar sob a lei: Acaso não ouvis a lei?
E assim, irmãos, somos filhos não da escrava, e, sim, da livre.

Galatas5

Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais de novo ao jugo de escravidão.
De Cristo vos desligastes vós que procurais justificar-vos na lei, da graça decaístes.

Galatas5-v14

Porque toda a lei se cumpre em um só preceito, a saber:
Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

Efésios1-v4

Assim como nos escolheu Nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante Ele, e em amor.

Efésios2-v8

Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus, não de obras, para que ninguém se glorie.
Pois somos feitura Dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais de antemão preparou para que andassemos nela.


Efésios2-v13

Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, foste aproximado pelo sangue de Cristo.
Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um, e tendo derrubado a parede da separação que estava no meio, a inimizade.

Efésios3 -v2 a8

Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor.
Esforçando-vos deligentemente por preservar a unidade do espirito no vínculo da paz.
Há somente um corpo e um espírito, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação;
Há um só senhor, uma só fé, um só batismo.
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos.
E a graça foi concedida a cada um de nós segundo a proporção do dom de Cristo.
Quando ele subiu as alturas, levou cativo o cativeiro e concedeu dons aos homens.

Efésios4-14

Para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha(astúcia) dos homens, pela astúcia com que conduzem ao erro.
Mas seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é o cabeça, Cristo.

Efésios5-v18

Obscurecidos de entendimento, alheios a vida de Deus por causa da ignorância(desconhecimento, falta de estudos) em que vivem, pela dureza de seus corações. Os quais tendo tornados insensíveis, se entregam em dissolução(decomposição,Extinção de contrato ou sociedade,perversão de costumes,devassidão) para com avidez, cometerem toda sorte de impureza,
Mas não foi assim que aprendestes a Cristo, se de fato o tendes ouvido, e Nele fostes intruídos, segundo é a verdade em Jesus.


Efésios5-v6


Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por essas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto nãp sejais participantes com eles.
´Pois autrora éreis trevas, porèm agora sois luz no Senhor; andais como filhos da luz. Porque os frutos da luz consiste em toda bondade, justiça e verdade,


Efésios6 -v9


E vós senhores, de igual modo procede para com eles, deixando as ameaças, sabendo de que o Senhor, tanto deles como vosso está nos céus, e que para com Ele não há acepção de pessoas.

Efésios 6 -v12

Porque a nossa luta não é contra o sangue e carne, e, sim, contra os principados e postestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestes.


Filipenses 2-v2a4

Completai a minha alegria de modo que penseis a mesma coisa, tenhais o mesmo amor, sejais unidos de alma, tendo o mesmo sentimento.
Nada façais por partidarismo (paixão partidária, que ou aquele que é do membro de um partido, dividido. quebrado.. individuos que tendo as mesmas idéias congregam para realizar o seu programa), ou vanglória ( presunção infundada; orgulho vaidade), mas por humildade, considerando os outros superiores a sí mesmo,
Não tenha cada um o que é própriamente seu, senão também o que é de todos.

 Filipenses 2 -v5

Tendes em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois Ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus. antes de sí mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens, e reconhecido em figura humana, e a sí mesmo se humilhou, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz.

Filipenses 3-v 13


Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade.
Fazei tudo sem murmurações(ato de murmurar,malediciencia, dizer em vós baixa, emitir som leve, sussurro, dizer mal de alguém) nem contendas(brigas) pra que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo.

Filipenses3-v2

Acautelaivos dos cães! Acaltelaivos dos maus obreiros! Acaltelaivos da falsa circuncisão. Porque nós é que somos a crcuncisão, nós que adoramos a Deus no espirito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne.


Felipenses3

E ser achado Nele, não tendo justiça própria, que procede de lei,, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé.

Filipenses 3-v17

Irmãos, sede imitadores meus e observai o modelo que tendes em nós.
Pois muitos andam entre nós e digo que são inimigos da cruz de Cristo.
O destino deles é o ventre, e a gloria está na sua infâmia(ofensa, injuria); visto que só se preocupa com coisas terrenas.
Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo.


Colossenses2-v8

Cuidado que ninguém vos venha a enrredar com sua filosofia e vãs sutilezas(delicadeza, finura, penetração de espírito) conforme os rudimentos(primeiras noções) do mundo, e não segundo Cristo,
Porquanto Nele habita toda a plenitude da Divindade.

Colossenses2-v14

Tendo cancelado o escrito da divida, que era contra nós e que constava de ordenanças(ordem,lei,regulamento,,soldados ás ordens de uma autoridade), o qual nos era prejudicial, removeu inteiramente na cruz.
Despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.


Colossenses2-v16

Ninguém se faça árbitro contra vós outros, pretextando humildade e culto aos anjos, baseando-se em visões, enfatuado sem motivo algum na sua mente carnal.

Colossenses 3 -v20



Se morrestes com Cristo para os rudimentos( primeiras noções, elementos, principios) deste mundo, porque como se vivêsseis no mundo, vos sujeitais em ordenanças(ordem,leis, regulamento militar ou religioso) Não manuseies isto, não proves aquilo, não toqueis aquiloutro.
Segundo os preceitos(regras de proceder) e doutrina (ensinamentos) dos homens? Pois todas essas coisas com o uso se destroem.
Tais coisas, com efeito, tem aparência de sabedoria, como culto de sí mesmo, e falsa humildade, e rigor ascético(devoto, místico contemplativo, que vive em prática de devoção e penitência); todavia não tem valor
nenhum contra a sensualidade(relativo aos sentidos).
Portanto se fostes ressucitados junto com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado á direita de Deus.
Pensais nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra.

Colossenses 3 -v 11a17


Onde não pode haver grego, nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, escravo ou livre; porém Cristo é tudo e em todos.


Timóteo 3-v5


Tendo forma de piedade, negando-lhe entretanto o poder, foge também destes.
Pois entre estes se encontram os que penetram sorrateiramente nas casas e conseguem cativar mulherinhas sobrecarregadas de pecados, conduzidas de várias paixões, que aprendem sempre e jamais pode chegar ao conhecimento da verdade.
E, do modo com que Janes e jambres resistiram a Moisés, também estes resistem a verdade. São homens de todo corrompidos na mente, repróbos(Malvado e reprovado) quanto a fé.
Eles, todavia não irão avante: porque a sua insensatez(imprudência. loucura) será a todos evidentes.


2 Timóteo3 -v12

Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.
mas, os homens perversos e impostores(aquele que mente ou finge, charlatão) irão de mal a pior, enganando e sendo enganados.
Tu porém permanece naquilo que aprendeste, e que foste inteirado, sabendo de quem aprendeste.
E que desde a infancia sabe ás sagradas letras que pode tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus.
Toda escritura é inspirada e útil para o ensino, para repreensão,´para correção, para a educação na justiça.
A fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.


2 Timóteo 4-v3

Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina( conjunto de princípios que servem de base a um sistema religioso sadio e ileso), pelo contrário, cercar-se-ão de mestres(homem que ensina); segundo as suas ´próprias cobiças(desejo, ambição), como que sentindo coceiras nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos á verdade, entregando-se ás fábulas(narração alegórica, que encerra uma lição moral, inventar, mentir).

Tito3 v-2

Não difamem(caluniar,desacreditar,injuriar); nem sejam altercadores(discutidor, briguento), mas cordatos(prudente, manso, tratável), dando provas de toda cortesia, para com todos os homens.

Tito3-v9

Evita discuções insensatas, genealógias, contendas e debates sobre a lei, porque não tem útilidade e são fúteis(vão e leviano). Evita o homem faccioso(parcial, favorável a uma parte,partidário,divisão de um partido politico ou religioso), depois de admoestá-lo primeira e segunda vêz.
Pois sabe que tal pessoa está pervertida e vive pecando, e por sí mesma está condenada.

Hebreus2

Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza ás verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos.

Hebreus3-v6

Cristo, porém, como filho, sobre a sua casa, , a qual casa somos nós, se guardarmos firmes até o fim a ousadia e a exultação da esperança.
Assim, pois, como diz o Espírito Santo:
Hoje se ouvirdes a sua vós, não endureçais o vossos corações.
Como foi na provocação, como no dia da tentação no deserto, onde vossos pais me tentaram, pondo-me a prova.

Hebreus4-v16

Acheguemos-nos, portanto, confiadamente ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.

Hebreus13-v7

Lembrai-vos dos vossos guias(profetas e discípulos de Jesus), os quais vos pregaram a palavra de Deus, e considerando o fim de sua vida, imitai a fé que tiveram.
Jesus Cristo ontem e hoje é o mesmo, e o será para sempre.
Não deixeis envolver por doutrinas várias e estranhas, porquanto o que vale é ter o coração confirmado com graça, e não com alimentos. pois nunca tiveram proveito os que com isto se preocuparam.

Que a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja sempre presente nas nossas vidas, que possamos aceitar as diferenças com amor, viver em paz uns com os outros sempre que possível e não desanimar nestes tempos onde a justiça e a verdade está táo distante de nós. Porque o Senhor prometeu que tudo se faria conforme já nos foi informado e devemos acreditar com toda a nossa alma e com todo o nosso entendimento.

Palavras da Escritura Sagrada

Tomei a liberdade, pela graça de Deus, de escrever textos bíblicos, na linguagem original, mas com uma certa facilidade de compreensão, para que por ventura meus leitores possam também tirar alguma lição importante de conhecimento e de orientação nestes tempos difíceis em que estamos vivendo. Que Deus intensifique suas bençãos sobre todos nós, Amem!


Isa e dasías 10-v15

Porventura gloriar-se-á o machado contra o que corta com ele? Ou presumirá a  serra contra o que a maneja? Seria isso como se a vara brandissem os que a levantam, ou o bastão levantasse a quem não é pau.

Isaísas 29-v16

Que peversidade a vossa! Como se o oleiro fosse igual ao barro, e a obra dissesse ao seu artífice: Ele não me fez; e a coisa feita dissesse ao seu oleiro: Ele nada sabe.

Isaías 29- v18, 20,21

Naquele dia os surdos ouvirão as palavras do livro, e os cegos. livres já da escuridão e das trevas, as verão.
Pois o tirano é reduzido  a nada, o escarnecedor já não existe, e já se acham eliminados todos os que cogitam da iniquidade.
Os quais por causa de uma palavra condenam um homem, os que poem armadilhas ao que repreende na porta, e os que sem motivo negam ao justo o seu direito.

Isaías 30-v15


Porque assim diz o Senhor Deus, o santo de Israel. Em vos converterdes e em sossegares, está a vossa salvação; Na tranquilidade e na confiança a vossa força, mas não o quisestes.

Isaías35-v3,4

Fortalecei as mãos frouxas, e firmai os joelhos vacilantes.
Dizei aos desalentados de coração: Sedes fortes, não temais, Eis o vosso Deus. A vingança vem. A retribuição de Deus; Ele vem e nos salvará.

Isaías42- v9

Eis que as primeiras predições já se cumpriram e as novas coisas eu vos anuncío; e antes que sucedam, eu vo-las farei ouvir.

Isaías43- v13

Ainda antes que houvesse dia. Eu era; e nenhum há que possa livrar alguém das minhas mãos; Agindo Eu, quem o impedirá?

Isaías49- v6

Sim, diz Ele: Pouco é seres servo, para restaurares as tribos de Jacó, e tornares a trazeros remanescentes de Israel, também te dei como luz aos gentios; para seres a minha salvação até a extremidade da terra.
Assim diz o Senhor, o redentor e santo de Israel, ao que é desprezado, ao aborrecido de todas as nações, aos servos dos tiranos: Os reis o verão, e os principes se levantarão: e eles te adorarão por amor do Senhor, que é fiel , e do santo de Israel que te escolheu.

Isaías50-v8, 9, 10

Perto está quem me justifica; quem contenderá comigo? Apresentemo-nos juntamente; quem é o meu adversário? Chegue-se para mim.
Eis que o Senhor Deus me ajuda; quem há que me condene? Eis que todos eles como um vestido serão consumidos; as traças os comerá. Quem há entre vós que tema ao senhor, e ouça a voz do seu servo que andou em trevas sem nenhuma luz, e ainda assim confiou em o nome do Senhor e se firmou sobre  o seu Deus.

Isaías51-v7,8

Ouvi-me vós que conheceis a justiça; vós povos cujo coração está a minha lei; não temais o opróprio dos homens; nem vos turbeis por causa de suas injurias.
Porque as traças os roerá como um vestido, e os bichos os comerá como a lã, mas a minha justiça durará para sempre, e a minha salvação para todas as gerações.


Isaías51-v12

Eu, sou aquele que vos consola; quem pois és tu, para que temas o homem que é mortal, ou o filho do homem que não passa de erva?


Isaías55- v2

Porque gastais o seu dinheiro naquilo que não é pão:  E seu suor naquilo que não satisfaz?Ouvi-me atentamente, comei o que é bom, e vos deleitarei com finos manjares.
Inclinai os vossos ouvidos e vinde a Mim, ouvi e vossa alma viverá.
Porque convosco farei uma aliança perpétua, que consiste nas fiéis misericórdias prometidas a Davi.
Eis que chamarás uma nação que não conheces, e uma nação que nunca te conheceu correrá para ti, por amor do Senhor teu Deus; e do Santo de Israel. porque este te glorificou.
Buscai o Senhor enquanto se pode, invocai-o enquanto está perto.
Deixe o perverso o seu caminho, o iniquo os seus pensamentos, converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele, e volte para nosso Deus, porque é rico em perdoar.
Diz o senhor: os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os  meus caminhos.
Porque, assim como os céus são mais altos que a terra, assim são os meus caminhos mais alto que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos que os vossos pensamentos.
Assim será a palavra que sai da minha boca; não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz, e prosperará naquilo para qual a desiguinei.
Saireis com alegria e em paz sereis guiado, os montes e os outeiros romperão em cânticos diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palmas.

Isaías57-v14 a 21

Mas os perversos são como o mar agitado, que não se pode aquietar, cujas águas lançam de sí lama e lodo. Pra os perversos diz o Senhor:  não há paz.

Isaías 58-v6

Porventura não é esse o jejum que escolhi, que soltes as ligaduras da impiedade, desfaças as ataduras da servidão, deixes livres os oprimidos e despedaces todo o jugo?
Porventura não é também que repartas o teu pão com os famintos, e recolha em casa os pobres desabrigados, e se o vires nú, o cubras, e não te esconda de teu semelhante?
Então romperá a tua luz como a alva, a tua cura brotará sem detença e tua justiça irá diante de ti, e a gloria do Senhor será a tua retaguarda.
Então clamarás e o Senhor te responderá; gritarás por socorro, e Ele te dirá: Eis-me aqui- Se tirardes do meio de ti todo o jugo (submissão; opressão), o dedo que ameaça, o falar injurioso.
Se abrires a tua alma ao faminto, e fartares a alma aflita, então a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como a luz do meio dia.

Isaías59-v14

Pelo que o direito se retirou e a justiça se pos de longe, porque a verdade anda tropeçando pelas praças e a retidão não pode entrar.
Sim, a verdade sumiu, e quem se desvia do mal é tratado como presa.
O Senhor viu isso e desaprovou o não haver justiça.

Isaías 59-v12,13

Porque as nossas transgressões se multiplicam perante ti, e os nossos pecados testificam contra nós, porque as nossas transgressões estão conosco e conhecemos as nossas iniquidades.
Como o prevaricar (trair, fugir do dever, faltar com os deveres de seu cargo, torcer a justiça), o mentir contra o Senhor, o retirarmo-nos de nosso Deus. O pregar opressão e rebeldia, o conceber e proferir palavras de falsidade.

Isaías59-v21

Quanto a mim, esta é minha aliança com eles, diz o Senhor: O meu espírito, que está sobre ti, e as minhas palavras , que pus na tua boca, não se apartarão dela, nem da de teus filhos, nem da do filhos de teus filhos,
não se apartarão desde agora e para todo o sempre.

Jeremias23-v16

Assim diz o Senhor dos exércitos: Não deis ouvidos as palavras dos prefetas, que entre vós profetizam, e vos enchem de vãs esperanças, falam as visões de seus corações, não o que vem da boca do Senhor.

Malaquias2-v10

Não temos nós todos o mesmo Pai? Não nos criou o mesmo Deus?
Porque seremos desleais uns para com os outros.

Lucas11- v13

Ora, se vós que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai dará o Espirito Santo aqueles que lho pedirem.

Lucas11-v34

São os teus olhos a lâmpada do teu corpo, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; mas se forem maus, o teu corpo ficará em trevas.

Lucas12-v2

Nada há encoberto que não venha a ser revelado, e oculto que não venha a ser conhecido,

Lucas12-v23

Porque a vida é mais do que o alimento e o corpo mais do que as vestes.

Lucas15-v2

E murmuravam os fariseus e os escribas, dizendo: Este recebe pecadores e come com eles.

Lucas 17-v10

Assim também vós, depois de haverdes feito tudo quanto vos foi ordenado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos apenas o que deviamos fazer.


Lucas17-v20

Interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, Jesus lhes respondeu: " Não vem o reino de Deus com visível aparência" Nem dirão: ei-lo aqui! Ou lá está! porque o reino de Deus está dentro de vós.


Lucas18-v7

Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em atendê-los.



Dois homens subiram ao templo com o propósito de orar: Um fariseu e outro publicano.
O fariseu posto em pé, orava de sí mesmo, desta forma: Ò  Deus graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos ou adulteros, nem ainda como esse republicano; jejuo duas veses por semana, e dou o dizimo de tudo o que ganho.
O publicano estando em pé, longe, não ousava levantar os olhos para o céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, se propício a mim, pecador!
Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque todo o que se exalta, será humilhado, e todo o que se humilha será exaltado.


Lucas18-v17

Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança, de maneira nenhuma entrará nele.

Lucas18-v27

' Os impossíveis dos homens são possíveis para Deus.

Lucas19-v7

Todos os que viram isto, murmuravam, dizendo que ele se hospedara com homem pecador. Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres a metade de meus bens; e se nalguma coisa tenho defraldado alguém restituo quatro vezes mais.
Então Jesus lhe disse: Hoje houve salvação nesta casa, pois que também esse é filho de Abraão.
Porque o filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido.

Lucas19-v26

Pois eu vos declaro: A todo o que tem dar-se-lhes-á; mas ao que não tem, o que tem lhe será tirado.
Quanto porém a esses meus inimigos, que não quiseram que Eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha persença.

Lucas20-v24

O batismo de João era do céu ou dos homens?
Se dissermos do céu, ele dirá, porque não acreditastes nele?
Mas, se dissermos: dos homens, o povo nos apedrejará, porque está convicto de ser João um profeta. Então Jesus lhes replicou: Pois nem eu vos digo com que autoridade faço estas coisas.

Lucas21-v46

Guardai-vos dos escribas, que gostam de andar com vestes talares, e muito apreciam as saudações nas praças, as primeiras cadeiras nas sinagogas e os primeiros lugares nos banquetes.
Os quais devoram as casas das viúvas e, para justificar, fazem longas orações, estes sofrerão juizo ainda maior.

João4-v20

Nossos pais adoravam neste monte; vós entretanto; dizeis que em jerusalem é o lugar onde se deve adorar.
Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me, que a hora vem, quando nem nesse monte, nem em Jerusalém adorareis ao Pai.
Vós adorareis o que não conheceis, nós adoramos o que conhecemos. Porque a salvação vem dos Judeus.
Mas vem a hora, e já chegou, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque são estes que o Pai procura para ser seus adoradores.
Deus é espirito; e importa que seus adoradores o adorem em espirito e em verdade.

Saber viver

Gosto de começar meus textos citando versículos biblicos, e hoje especialmente, vou citar dois dos mais importantes mandamentos de Deus.
Amarás ao Senhor teu Deus sobre todas as coisas.
Amarás teu próximo como a tí mesmo.
Nestes dois mandamentos, quando aplicados na vida, de fato e de verdade, cumpre todos os outros.
Se honrares e adorares teu Deus sobre todas as coisas, estará prestando culto a Ele todos os segundos de tua existência, e nada lhe será mais importante.
Amando o teu próximo como ama a ti mesmo, jamais fará mal a ninguém, pois ninguém faz mal a sí próprio.
Faça aos outros aquilo que gostaria que fizessem a você, todos tem sentimentos iguais aos teus.
Só se colhe o que se planta: Se planta discórdia, é isso mesmo que colherás
Não nasce uma coisa e depois se torna outra. Quem planta melancia não pode colher morangos.
A semente da flôr nascerá flôr, e a semente do fruto, continuará sendo fruto!
Não culpe os outros por você ser assim ou assado, ninguém é movido pela consciência alheia.
Cada um é responsável pelas suas próprias ações. Enquanto a árvore é pequena, podemos moldá-la como quizermos, mas depois que cresce, ela seguira o seu próprio rumo.
Assim é a vida:
Os sábios procuram fazer o bem para colhê-los depois. Já os insensatos. cultivam em seus corações mágoas sem fim, e o mal não se afasta deles.
Se no passado não foi legal, cabe a você trabalhar por um futuro melhor. O perdão é uma arma poderosa contra todos os males.
Boas palavras são remédios infalíveis para um coração doente.
E o amor, então... Nem se fale!
Tem o poder de tornar novo tudo o que toca.
É como  a árvore que descarta suas folhas velhas no outono, e na primavera se parece com uma adolescente desabrochando.
Nós, seres humanos, também deveríamos fazer isso: Aproveitar o outono da vida para despirmos de toda mágoa. de toda inveja e  todo sentimento mau. Deitar ao chão todas as folhas velhas. E quando chegar a primavera, o próprio criador se encarregará de derramar rios de bençãos sobre nossas vidas, e se fará em nós o milagre da renovação.
Só assim podemos caminhar com segurança!
Certos de que todos os que passarem por nós, se encherão de alegrias por contemplarem o bem revigorante de nossas conquistas.
Na lei da ação e reação, tudo o que aqui se faz, aqui mesmo se paga, não se faz o bem e recebe como pagamento o mal, e vice e versa.
Precisamos viver semeando sobre a terra a boa semente da justiça e da paz.
Temos que passar adiante a corrente de amor e de sorrisos.
E incendiar todos os corações, lançando chamas de compreenção e misericórdia, Agindo assim, mostraremos aos homens, a origem de nossa semente.
Só poderíamos ter nascidos da árvore de Deus, que por meio do seu Santo filho, nos gerou para toda boa obra.
Quando saímos da adolescência, ou ainda em transição, já idealizamos um companheiro(a) ideal, Isso é regra, pois nascemos para compartilhar.
E o desejo que nos acompanha exige que compartilhemos também nossso corpo. Os seres humanos chamam isso de amor. Eu, particularmente, chamo de paixão.
Com apenas um olhar não se define um sentimento, portanto o amor só vem com o tempo.
Exatamente quando acaba a paixão, ou melhor quando a paixão se transforma em um sentimento livre de cobranças, onde se almeja apenas a felicidade do outro, independente da nossa própria.
Vamos voltar  ao momento da descoberta da sexualidade e consequentemente da escolha do parceiro(a),
O que se procura nesse momento é o parceiro(a) ideal!
Para isso precisamos sair muito, olhar para muitos. sentir no tato, no olfato, e se possível penetrar em muitas mentes, para descobrir todos os segredos que possam satisfazer.
Mas... De repente, como num passe de mágica, apenas com dois olhares se encontrando, o amor está alí bem á sua frente.
Tudo para! Não existe nada mais interessante naquele momento.
O seu coração o reconhece!
E ele torna-se a própria razão de tudo.

A emoção da paixão é traiçoeira, deixa a pessoa meio abobada, a mente confusa e o raciocínio meio lento. Tudo o que a pessoa diz ou faz, parece-lhe a coisa mais certa do mundo, e ficam mergulhados um no outro até o pescoço.
Ele deixa de ser simplesmente humano, para ocupar o lugar de um deus.
Quando se aproxima, as pernas tremem, as palavras se tornam meio confusas, o que esta errado passa a ser certo e vice e versa.
O sangue galopeia nas veias, parecendo um cavalo indomável, a respiração puxa mais gás carbônico que oxigênio, os tendões da perna não suporta o próprio peso.
Você o vê como um princípe e pensa que todos a sua volta o vê da mesma forma, com a mesma emoção. Então, começa aquele sentimento feio de posse.
Um sentimento confuso e bobo, que não aproxima dois seres, muito pelo contrário, é um sentimento que vai empurrando o outro para bem longe.
De tanto medo de perder que se acaba perdendo, por não querer sofrer acaba-se sofrendo!
A paixão sem freio é como um cavalo selvagem sem guia.
De tanta ânsia de correr, vai atropelando todos á sua frente, acaba ferindo e sai ferido.
Tudo na vida exige um certo equilibrio, com a paixão não é diferente.
Tomar cuidado para não pensar demais, não querer demais, não exigir demais, não cobrar demais, não pensar que ama demais, não ter ciumes demais, porque o suficiente já é bom demais.
Aproveitar os momentos juntos, como se fosse o último. Não desperdiçar os momentos que poderiam ser uns dos mais felizes, com brigas sem causa.
Não permitir que o ciume fantasie coisas ou situações que não existem.
Ninguém tem obrigação de gostar de ninguém, se estão juntos é porque querem.
Não somos seres de outro mundo, somos simplesmente seres humanos, todos iguais!
Agindo assim, logo este sentimento deixará de ser simplesmente uma paixão para se transformar em amor verdadeiro.

Autora: Herta Fischer

Amizade

Quem tem amigos, nunca se sente só.
O verdadeiro amigo é aquele que nunca nos abandona.
Que nos estende a mão .
 È balsamo para nossas dores
E nos aceita exatamente como somos.
Ama sem preconceito.
Faz o que tem que fazer.
Não faz nenhuma pergunta indiscreta.
Oferece sua ajuda sempre que precisamos.
Aceita nossos defeitos.
Defende nossas idéias.
Aquece nossa alma.
Protege nosso coração!

Autora: Herta Fischer

Tudo posso naquele que me fortalece

Todos os dias, enquanto faço minhas tarefas, fico meditando sobre minha jornada aqui na terra. Quantas coisas já fiz e quantas deixei de fazer. Quantos erros!
O tempo passou, a vida trouxe muitas experiências, algumas boas, outras nem tanto! E mesmo tão ignorante em muitas coisas eu fui crescendo.
Em algum momento os amigos foram chegando, em outros foram indo embora, nem sei bem por quê.
E.. fui sentindo saudades do tempo que vivi e das pessoas que por um tempo fizeram a minha vida mais interessante.
Cada um a seu tempo tiveram uma importância extrema em minha vida e nem ficaram sabendo disso.
Hoje, depois de muito tempo, eu fico imaginando- O senhor esteve bem perto de mim esse tempo todo e eu também não pude perceber. Ele me aceitou mesmo quando eu andava errante por caminhos tortuosos, mesmo quando os meus olhos estavam olhando em outras direções.
Quando estava tão inchada de orgulho pela juventude e vigor, ele estava a guiar meus passos, para que soubesse onde pisar,
Escolheu para mim bons amigos, incentivou- me a criar objetivos.
Quando por vezes me encontrava prestes a cair no poço, ele postava em minha frente para que eu mudasse de direção.
Quando eu pensava estar sozinha e achava que as lágrimas eram minha única companhia, nem imaginava que o calor e o sabor das minhas lágrimas eram as carícias de meu Senhor me confortando.
Eu não sentia, mas Ele caminhou sempre ao meu lado e me livrou de muitos perigos.
Mesmo quando eu não merecia!
Nunca me condenou, sempre perdoou os meus erros, confiando que em sua presença constante eu poderia me tornar alguém melhor.
Eu fui crescendo, como uma árvore bem cuidada, não tinha beleza nem dinheiro, mas tinha comigo o Senhor Jesus.
Hoje. depois de muito tempo, cheguei a conclusão de que por mais pequeno que seja o ser humano, tudo ele pode porque o que lhe fortalece é a confiança naquele  que tudo dá.
OBRIGADO SENHOR!

Autora: Herta Fischer

Asas que voam

Eu tenho muito para ser perdoada, porque, afinal, deixei de fazer o que tinha de fazer, pois me fechei dentro de mim mesma.
As fases da vida são tão difíceis de ser compreendida, e eu me vi como uma aranha grudada em sua própria teia,
Sei que a vida segue o seu curso, tanto para mim, como para todos.
Vivi por muito tempo sozinha, carregando os meus problemas, angustias e decepções, sem ter com quem contar ou dividir.
Eu sempre segui em frente, com garra e com força, mesmo quando via aquela imensa estrada que teria que caminhar. Vazia!
Não sei se foi por falta de amor ou apenas porque não amei o suficiente para trazer para perto de mim os amigos e familiares.
Eu tentei ser simpática e amorosa. Não convenci! Acho que vou morrer tentando chamar atenção das pessoas.
Sempre fui como uma folha seca, levada pelo vento, até que , em algum momento da vida, Deus teve compaixão de mim, e me fez pousar neste lugar. Lugar este que encontrei razão para minha triste existência.
Encontrei o amor, construímos um lar, onde pessoas, metade de mim, me fazem feliz e me amam.
Nesta minha longa caminhada, encontrei gente boa, mas também muita gente ruim. Todas elas. somadas, me fizeram ser  quem eu sou.
Muitas vezes, prefiro ficar no ninho, por medo de enfrentar os predadores dessa floresta desconhecida. Assim me sinto protegida de mim mesma, por medo de tentar me proteger e tornar-me uma predadora também.
Amo muito a vida que Deus me deu, amo também meus semelhantes, mas tenho muito medo de decepcioná-los, prefiro continuar minha vida na incógnita.
Porque sozinha, não corro o risco de ter que viver pedindo perdão.
Eu reconheço meus erros, e sinto muito pelas pessoas que magoei, se machuquei alguém, foi porque vivi a vida inteira, tentando me defender da dor.
Passei muito tempo na solidão. Senti fome. e me negaram o pão, senti frio, não me deram um cobertor.
Andei sozinha e vazia, sempre procurando alguém que pudesse me socorrer. Desconfiei de todos, desconfiei de mim mesma, por me acreditar incapaz de encontrar um lugar seguro para pousar.
Quando as asas já estavam bem cansadas e os músculos doloridos, pousei nos braços de alguém que conseguiu me amar.
Amou também os meus defeitos, perdoou minhas fraquezas, curou minhas feridas, secou minhas lágrimas, ofereceu-me o seu ninho e acabou com a solidão.
Neste ninho abençoado, eu encontrei o descanso. As vezes até mesmo no abrigo desse ninho, não sinto segurança, mas na companhia de quem amo, tento me libertar dos meus medos.
Sei que sou vencedora, e que continuo vencendo, vivendo um dia de cada vez. Só por hoje!
Porque amanhã? Bem se diz. É amanhã! No despertar de um novo dia, tudo pode acontecer....ou
mudar.

Autora: Herta Fischer

Tudo de que precisamos

Tudo  que precisamos está perto de nós, os amigos, a família.
Tudo que necessitamos está dentro de nós, a força, a alegria.
Basta que tenhamos sabedoria para agarrar com força as oportunidades.
Deus nos coloca diante de muitos desafios. cabe a nós desatar os nós.
A primavera, o outono , verão e inverno é sempre tão certo, quanto a vida que se estende diante de nós.
Deixemos as ilusões de lado, para vivermos a mais perfeita das realidades, as quais nos convidam a encontrar sabedoria para a vida toda.
E a sabedoria é a aceitação de nós mesmos assim como somos, e também a aceitação dos outros assim como são.
Que seria do amarelo, se todos gostassem do vermelho e vice e versa.
Tudo existe. e é como é, para nosso próprio desenvolvimento, só crescemos se procuramos conhecer nosso próprio íntimo. A medida em que vamos nos conhecendo, também conheceremos os outros.
Porque somos todos iguais perante Deus e perante os homens.
Só é diferente, por causa da ignorância de alguns que apostam que o dinheiro está acima dos valores.
Ou que os valores é comes e bebes, roupas de grifes e ou morar em mansões, andar em carrões e etc...
Os verdadeiros valores consiste na pureza do espírito que não nos pertence, pois pertence a alguém muito mais grandioso que nós, pobres mortais.
Por isso, é que os cuidados com o corpo não deve ser antecedido pelos cuidados do espírito, porque o espírito é eterno e nunca envelhece, enquanto que o corpo vai definhando na mesma proporção com que o tempo passa.
E não existe remédio que faça o tempo parar, assim como não existe remédio que neutralize a ação do tempo.
É certo que todos, sem exceções, provaremos o fel da velhice, ninguém seja insensato a ponto de não acreditar nisso!
Deus, e sua promessa de vida eterna, é fato, não se engana quem acredita nisso nessa vida.
A promessa é para aqueles que ainda nessa vida. participa da graça de Cristo por meio da fé. e que por causa disto, aceita a vida assim como ela é, e não fica resmungando contra a sua própria natureza. Aprendendo a aceitar as diferenças como aprendizado e a vida como um dom gracioso de Deus.

Autora: Herta Fischer

A vida é bonita

Viver é uma  arte, para buscar mais satisfação na vida é preciso ter o dom da vitória por meio de Cristo. Nisto aprendemos a dar mais valor a liberdade conquistada por ele. Que seja o amor que sentimos uns pelos outros igual ao amor que Ele sentiu por nós, que seja o sorriso uma constante, mesmo que não tenhamos muitos motivos para sorrir.
Que possamos aprender mesmo na dor, a dar mais um passo na direção de Deus, pois é Ele que por meio de Cristo nos fortalece sempre.
Que possamos caminhar pelos mesmos caminhos onde Cristo andou, para que Ele possa nos direcionar sempre no caminho da justiça.
Que possamos orar sempre em agradecimento, por Cristo ter nos dotado de coragem, e dizer que a vida é bonita. é bonita e é bonita.

Autora: Herta Fischer

Mundo tecnológico

O mundo está se desenvolvendo rápido demais, que as vezes fica difícil compreendê-lo. A tecnologia deixou tudo complexo demais e o ser humano tornou-se pequeno em relação ao mundo moderno.
As informações se cruzam no céu como aves migrantes, as distâncias se encurtaram, os espaços diminuíram e as vozes se multiplicaram.
E...por vezes nos sentimos enfraquecidos diante de tantas exigências que chega mesmo ao exagero de querer que nos tornemos como máquina.
Não fomos criados num laboratório, em série, para reproduzir-mos tudo igualzinho. Somos seres individuais, com capacidade diferenciada, por isso e que há tanta beleza no ser humano.
Tanto o engenheiro, quanto o pedreiro, deveriam ter o mesmo valor, pois um completa o outro. O vendedor de alimento tem tanta importância quanto o que planta e colhe, pois ambos, sobrevivem de seu trabalho e precisam comer.
O mundo está agitado. e consequentemente, a humanidade também, pois, a tecnologia acaba sufocando e roubando o ganha pão do trabalhador.
Sem trabalho, a humanidade não sobrevive, sem tecnologia, o mundo fica estagnado, porém, ambos deveriam caminhar juntos, sem que um interfira no progresso do outro.
Os países desenvolvidos, buscam soluções para os problemas da terra, que à meu ver, não são poucos, porém, tudo o que o homem precisa, está simplificado nas realizações de seu próprio trabalho, e 100% de sua força, estão concentradas em suas mãos, e não no cérebro, como muitos pensam.
Sem exagero, tudo é bom, quando o desenvolvimento toma proporções excessivas, o mundo vira um caos.
Tudo por dinheiro, é assim que a economia mundial funciona, e o ser humano passa a ser apenas um número.
O dinheiro é necessário, mas, a vida é muito mais necessária. Sem a vida, não haveria razão para o dinheiro existir.
Também não entendo, a razão da dificuldade de arrumar emprego, jovens de dezesseis anos, são considerados novos demais para trabalhar, com dezoito anos, cobram experiência. Se ninguém lhes dá oportunidade para começar, como adquirirão experiência?
Sem emprego não dá para sobreviver. Tem que pagar para nascer, tem que pagar para viver, tem que pagar para morrer.
Sem especialização não se consegue um bom emprego, porém, nem todos são dotados do mesmo dom, uns são dados aos estudos, outros não! Porém. a capacidade de cada um não muda com o fato de um ter mais estudo do que o outro. Por isso, acho certo a conclusão de cada macaco no seu galho.
Uns, precisam de força, outros, da inteligência, porém o sonho mora no coração de todos.
O mundo é muito injusto, pois deveria oferecer oportunidades para todos, e infelizmente, não é o que acontece. Poucos conseguem muito e muitos conseguem pouco. E por isso há tantas desigualdades sociais.
Todo trabalho é digno, porém. há muito preconceito em relação a certos trabalhos, como: domésticas, trabalhadores rurais, pedreiros e lixeiros. sem esses serviços, as pessoas mais privilegiadas não sobreviveria.
Precisamos mudar nossos conceitos a respeito de muitas coisas, viver a modernidade com uma mente aberta. Mostrando a verdadeira face de quem se diz evoluído.
A evolução, deveria nos fazer um pouco melhor do que no passado, porém, o que está acontecendo é o contrário. A modernidade, com o avanço da tecnologia está nos deixando sem opções.
Os jovens querem conquistar sua independência e precisam de mais oportunidade para aprenderem, Não precisam de psicólogos  metidos a decifrar suas fraquezas. Pois o que os deixa mais fracos é justamente tanta cobrança descabida  sem fundamento algum e nenhum incentivo.

Autora: Herta Fischer

Pensamentos

Tudo o que desejamos na vida é conhecer a felicidade. Aquela que não se cala, que só exala alegrias sem fim.
Fixamos o pensamento em algo que transmite êxtase em nossa alma, algum momento na lembrança, marcada  pela alegria contagiante que percorreu silenciosamente pelo caminho íntimo do coração.
A tal da felicidade é dificil de ser encontrada, muitos dizem até que só existe momentos felizes.
Eu, particularmente, posso provar que ela está dentro de nós, basta que a reconheçamos como tal, e que não devemos esperar muito da vida.
Só o fato de estar vivo é um motivo para sentir muita felicidade, pois o dom maior que pode nos visitar é esse dom supremo de poder pensar e realizar todos os sonhos, e para isso, basta que estejamos vivos.
Tudo o que desejarmos na vida, podemos obter, desde que tenhamos garra e forças para lutar.
Só que cochilando não chegaremos á lugar algum, os maiores e melhores pensadores de todas as épocas provaram que tudo na vida exige dedicação e persistência.
Devemos sim, acreditar que a felicidade é nossa fiel companheira de estrada.
Manter uma mente saudavel é uma das condições que a vida exige para que ela nunca te abandone.
Por isso, é que temos que lutar contra nós mesmos para desenvolver um bom relacionamento com nosso próprio pensamento, e que seja esse pensamento á favor de todos os seres vivos que compartilham a mesma graça de estarem fazendo parte da maravilhosa graça divina.

Autora: Herta Fischer

Fada Madrinha

Todos os dias ela está te esperando com sua varinha de condão, ou será que é voce a responsável pela sua própria varinha?

Autora: Herta Fischer

Seja consciente

Hoje, é um momento muito importante para o mundo, a vida segue seu rumo como sempre.
A humanidade tem tomado consciência de muitas coisas, mas ainda falta muito para que elas transmitam as verdades que o mundo desconhece. E uma delas é: Amar o seu próximo como a si mesmo.
E... quem é nosso próximo?
São todos aqueles que a gente encontra pela estrada, que seguem sem rumo certo e que muitas vezes tropeçam na gente sem querer, nos fazendo ficar irados.
Ou até mesmo aquele que passa por nós desapercebido, como se fosse um cão inútil, a quem nem se quer, direcionamos o olhar.
Ou até mesmo, aquele cujo corpo  tão sujo que nos causa nojo, que perambula pela cidade, sem documento e sem lar.
Ou até mesmo, aquele que sem causa são afligidos pela falta de opção,  que são humilhados por não fazer parte daquilo que chamamos de sociedade.
Aquele homem barbudo, roupa imunda, jogado na sarjeta, por você e por mim, pois, somos incapazes de socorrê-lo.
Onde anda a justiça dos homens?
De longe se põe, quando a causa não é interessante!
O dinheiro e o poder traz muita injustiça para aquele que realmente precisa.
Tão judiado é aquele que mendiga seu pão, não porque quer, mas porque foi menos favorecido pela vida.
Tão inútil se tornou, aquele que não consegue ser como aqueles que alcançaram  um padrão mais evoluído, e que por isso, colocam empecilho nas mãos dos pobres, para que eles realmente continue nessa condição.
Tão miserável, são aqueles que não sabem repartir, que mesquinhamente, acumulam bens sem valor apenas por serem incapazes de fazer o bem.
Comem e bebem do melhor, sem se importar com aqueles que passam fome, como se não tivessem nada a ver com isso.
Não reservam um emprego decente para aqueles que não estão tão aptos para o estudo. Subjugando sua força e condenando-o a viver como um animal.
Eu estou triste, porque de todas essas atrocidades que existe, eu também faço parte, porque tenho, e não reparto, vejo, e faço de conta que sou cega, vivo, e não me importo se outros morrem, recebo, e não sei compartilhar. Então, para que servimos nós?
Não temos consciência do que é certo ou errado, por isso agimos assim? Não! é por puro egoísmo!
Podemos fazer diferente, hoje. Unindo forças, ajudando mais, compartilhando mais, amando mais, enxergando mais, e fazendo desse planeta um lugar melhor para nós, e para todos.

Autora: Herta Fischer

Chegou o Natal

Chegou novamente a tão esperada festa, presentes, muita comida e muita bebida!
Será que somente isso representa o verdadeiro significado do natal?
Quem é o papai Noel?
Quem nos estende a mão todo dia e nos dá a vida como presente?
Quem nos ensina como agir em situações de perigo e nos abriga nos temporaís?
Quem é o agricultor que planta em nosso coração a semente da paz?
Quem é o  amor maior que inspira todos os sorrisos?
Quem é o oleiro que moldou os vasos?
É Nosso salvador Jesus Cristo que a vida nos deu para remissão dos nossos pecados, Ele que nos transmitiu o amor verdadeiro, que nos ensinou a amar. E que de noite e de dia nos assiste junto ao Pai, para que possamos aqui viver livres e sem temor.
Mas, que nossa liberdade não venha a ferir os nossos irmãos de caminhada, porque tudo que ele nos ensinou foi: "amar nosso próximo como a nós mesmo" Quem ama dessa forma jamais fará ou desejará mal a quem quer que seja. Esse é o verdadeiro significado de Natal. RENASCIMENTO!

Autora: Herta Fischer

Momentos

As ondas do pensamento juntou-se com a maré da saudade, transportando-me para um tempo muito distante, quando em mim brotava a semente da juventude.
E como uma flor em plena primavera, eu desabrochava para o fascínio do descobrimento. Cantarolava as músicas da época, como um pássaro entoa seu cântico de liberdade. passava horas e horas. sonhando com o príncipe que um dia, haveria de vir. E a estrada que percorria, era transbordante de esperança e fé.
Enquanto o tempo passava, lento e sem pressa, eu tinha pressa de crescer logo, para poder voar muito mais alto.
Enquanto dormia, por várias vezes sonhei que segurava as pernas dobradas para traz, e lançava um voo pelo horizonte sem fim. Alcançava um mundo encantado, cheio de alegria e emoção.
Bananeiras e taquareiras, faziam parte desse pequeno mundo de sonhos, e a estrada empoeirada deixavam meus pés mais leves, parecendo mesmo flutuar no doce mundo da poesia.
O príncipe era desenhado na imaginação como se fosse real, até descobrir que o sonho é diferente da realidade,  mas, é o sonho. que faz da vida um mágico momento, ajuda a criar objetivos concretos e definitivos, para que se alcance a plenitude de uma vida, caminhando com os pés firmes no chão.
Nunca deixei de voar em busca  de conhecimento. Era isso que fazia sempre, com o coração lançando chamas de expectativas por todos os poros.
E voava tão alto que imaginação alguma poderia alcançar, e assim aprendi a ser feliz.
Como um lindo arco-íris em dia de chuva e sol, deixava um rastro colorido de alegria e prazer por todos os caminhos que trilhava.
Muitas e muitas vezes cavalgava no lombo de um cavalo mágico, que me levava para um mundo que só conhecia a paz. E com as asas da imaginação alcancei o infinito, desvendei os mistérios do universo azulado, e me encontrei com a verdadeira felicidade que se esconde dos mortais, além das estrelas.
Num desses encontros enigmáticos, os anjos me ensinaram a ultrapassar as barreiras com determinação.
Enfrentei com coragem meu tempo de juventude, retirei todas as pedras do meu caminho e segui sempre em frente, sem olhar para trás.
Tropecei, e caí por várias vezes, e tantas quantas vezes caí, levantei-me! levantando, lançava voo novamente, ao encontro de novas descobertas que me ajudavam a crescer.
Hoje, com mais da metade do caminho, já percorrido, não deixo de sonhar. O tempo deixa marcas profundas na alma, pois nesse voo incessante conheci caminhos escuros, tropecei por várias vezes na morte e aprendi a conviver com ela, mas ela jamais me derrotou. Levou muitos dos que queria bem, mas não conseguiu levar o que aprendi com meu anjo forte. Pode me levar tudo, porém não conseguirá tirar de mim a esperança. O senhor Jesus já derrotou a morte e quando chegar a hora de me despedir desse mundo, a morte só conseguirá levar meu corpo, mas jamais conseguirá apagar a essência do meu espírito que pertence a Deus.                  


Autora: Herta Fischer

Ser feliz

Ao cair da tarde, quando o sol visita outros mundos, e o manto negro desce sobre a terra, revestindo-a de penumbra, é o momento de uma tristeza maior.
Se esse for o teu caso.
. Levante seus olhos para algum ponto do universo, e contemple aqueles pontinhos brilhantes no céu. Eles estão  querendo lhe mostrar que, a vida continua, e te falam da fidelidade do criador, que nunca te deixará cair no esquecimento.
Neste momento, encha teus pulmões de ar,  e solte devagarinho, faça uma silenciosa prece de agradecimento.
Encha teu coração de fé e fervor, agradeça o dom da vida que te visitou, e que em você fez moradia.
Agradeça, pelos teus pés que te ajudam a atravessar a ponte.
Agradeça, pelos teus olhos que te ajudam a caminhar segura.
Pelo seu coração, que conhece o amor, pelo seu corpo, que te sustenta em pé.
Tente outra vez, e mais outra! Até que seu próprio limite seja quebrado.
E lá, bem dentro de você, encontrará sustentação para encarar a vida sem medo da escuridão.
Onde todos os olhos só enxergam pedras, caminhará segura, como se andasse sobre as nuvens.
Você tem obrigação de ser feliz!

Autora: Herta Fischer

Mãe

Você abriu a sua janela, para que através dela eu pudesse ver o teu coração.
Enquanto ainda não conseguia distinguir as cores, fez-me ver através de seus olhos, todo o fascínio do teu amor.
E quando me tornei independente, mostrou-me através de sua janela, a longa estrada que teria que percorrer.
Mostrou-me ainda, onde estavam as pedras e como retirá-las do meu caminho.
Mostrou-me também que, muitas vezes caminhamos entre lágrimas, e que, são justamente as lágrimas que nos fazem quase perfeitos, porque, são através delas que chegamos mais perto de Deus.
Se é verdade que quando morremos, nos tornamos uma estrela. Então, mamãe, você é todas as estrelas que brilham no céu, porque para mim você está presente em todos os lugares.
Você é a grande estrela que brilha em minha vida e em meu coração.
Obrigado por ter existido TEREZA!

Autora: Herta Fischer

Primeiro amor

Eu tive um amor, um amor tão bonito....
Aos dezenove anos de idade, eu conheci o amor, ou melhor, conheci o primeiro amor, daqueles que torna o mundo colorido e perfumado. Um amor tão grande que parecia que o universo inteiro cabia em meu mundo tão pequeno, e que a felicidade estava em minhas mãos.
Desses que preenchem tudo, e que parece  não haver mais lugar para nada.
E não havia mesmo! Tudo era ele, e ele era tudo. Meu mundo de fantasia se resumia em sua presença, e sua presença marcava minha vida com a força de um ferro em brasa.
Só que eu ainda era muito ingênua e não conhecia bem a arte do amor, nem sabia que a vida pode roubar nosso sonho, sem que a gente pudesse perceber.
Bom seria se a gente já nascesse sabendo, conhecendo todas as malicias que a vida tem. Mas, a gente aprende! Apanhando. Mas, aprende!
E...eu aprendi que o que é bom dura tão pouco, e que as vezes nosso ideal está tão longe de ser conquistado.
O meu amor ficou comigo tempo suficiente para eternizar dentro de mim a saudade.
Uma saudade sem dor. Mas, uma saudade que persiste mesmo que hoje a história seja outra.
E...enquanto durou, foi um incêndio dentro de mim, sentimentos desconhecidos, falência de poder, mistérios que a própria razão desconhece, e uma torrente de carinho e amizade que supera limites.
Era um aconchego que toda alma almeja alcançar, um vendaval de desejos incontroláveis, uma vontade de sair voando pelo céu, mesmo sabendo que não tem asas.
Mas, tudo acabou! Como tudo se acaba  quase sempre, para poder haver uma outra história a escrever.
O meu primeiro amor se desintregou como fumaça em tempo de ventania, não suportou as maldades do mundo e...Assim como começou.Terminou! Deixando um imenso vazio que ainda existe em meu coração.
Hoje já existe um novo amor, e verdadeiro por sinal. Uma nova história, um novo momento, uma nova canção, e um companheiro extraordinário que é o meu marido.
Mas, do primeiro amor a gente nunca esquece. E graças a Deus que é assim, porque a gente aprende com os erros, fazendo de tudo para que a nossa história continue  caminhando pelo rumo certo.

Autora: Herta Fischer

Sábado

Bendito é o dia de sábado, pois antecede o domingo e é verdadeiramente o dia de descanso.
Benditos são todos os dias, que pela graça de Deus, estamos vivos.
Benditos são as famílias que santificam todos os dias.
Bendito é o amor que une o tempo todo.
Bendito é o tempo que se encarrega de fechar as feridas.
Benditos são os amigos que enfeitam nossa história.
Benditas são as horas de reflexão.
Bendita é a noite de descanso.
Bendita a lua que ilumina a noite escura.
Bendito o sol que vem logo após ela.
Bendito o vento que traz refrigério nas tardes de calor.
Bendito é o amor de Deus para conosco.
Bendito dos benditos é o Filho de Deus que uniu todas as pessoas num mesmo coração.

Autora: Herta Fischer

Caras e bocas

Quantas pessoas existem por aí, que nem sabem porque existem, mas persistem na luta para tornar sua vida menos conservadora.
Querem se tornar conhecidas, mesmo que seja só caras e bocas, isto é: conhecidas superficíalmente.
Mas, as vezes até mesmo isso torna-se quase que impossível, pois na maioria das vezes, somos para a maioria das pessoas personagens invisíveis.
Passamos pela vida como um papel em branco, embora tenha toda uma história contida dentro dele, que ninguém tem paciência para ler.
A vida é mesmo interessante e muitas vezes até hilária.
Agimos por nós mesmos seguindo nosso próprio desejo, como se tudo o que tem importância fosse nosso umbigo, que tal se abrissemos a guarda um pouco só, e mostrassemos para o mundo o que somos realmente.
Gente, como toda gente, medrosas e na maioria das vezes até inconsequêntes, mas com um conteúdo tão valioso na bagagem.
Dizem que nem tudo que reluz é ouro, porém, o ouro também pode ser confundido com uma pedra qualquer, se  quem a ver não ter o minimo conhecimento sobre ele.

 
Todos precisamos de incentivo para seguir em frente, entáo porquê tantas pessoas insistem em fazer descaso daquele que desconhecem.
Sou amigo do meu amigo. E aquele quem será? Não sei? Nem estou vendo?
Porque será que os cães se atracam uns com os outros?
Por inveja? Ou para desputar território?
E, os seres humanos? Se atracam?
Você consegue descobrir por quê?
Não somos humanizados? Por acaso, agimos por instinto?Para responder essas perguntas, devemos ser honestos com a gente mesmo, procurando entender a vida.
Não nascemos do mesmo jeito, não compatilhamos o mesmo espaço? Por certo que sim!
A terra é de todos, o sol brilha para todos, a chuva não deixa de cair em um determinado lugar, só porque não gosta dos seus habitantes, pelo contrário, cai em todos os cantinhos do planeta.
Só os humanos, tão orgulhosos de sí mesmos, agem como se fossem os donos do universo e tentam sufocar pessoas que tem os mesmos sentimentos que ele.
Deixem de cuidar da vida dos outros, deixem de constatar o erro do próximo, cuide da sua vida, faça os seus planos e executem da melhor forma possível.
Não somos animais, somos humanos, capazes de fazer juízo sobre quaisquer que seja o assunto.
Não devemos nos meter em situações que não podemos mudar, ou que está fora do nosso entendimento.
Cada um é cada um , todos igualmente precisam viver!

Autora: Herta Fischer

Sorrir é bom, amar é melhor ainda.

O sorriso tráz alegria e contagia todos ao nosso redor, mas, o amor incondicional é bem melhor.
O amor não condena, compreende as deficiências, o amor supera toda ciência.
O amor não contra-diz, o amor bendiz e é eficaz em sí mesmo.
O amor não é tenáz, a própria liberdade é que o faz.
 O amor não tem limites, pois quem o fêz é ilimitado.
O amor é livre, pois nunca foi subordinado.
O amor é patrão, nunca foi empregado.
Manda e desmanda, pois é superior a tudo
Vivo sempre está, pois nunca experimentará a morte.
É universal, mora em todos os cantos da terra,
só quem nunca o experimentou, não sabe o milagre que o acompanha.
O amor é nós, não eu.
O amor é dele, não meu.
Pois tudo que é do amor,
se une em um só.

Autora: Herta Fischer

Hoje

Hoje é o dia de ser feliz, porque não?
Acordei com uma baita de uma preguiça, junto com ela veio uma grande insatisfação, porém, logo me veio á cabeça, palavras de conforto como: Ser feliz o tempo todo mesmo que a condição do momento não lhe favoreça. Então, um cálido sorriso se abriu em minha boca, e esse sorriso chamou outro e mais outro, e todo o meu mundo mudou de côr. Esse colorido encheu o meu coração de alegria.
Então eu pensei comigo mesma. precisamos enxergar as coisas pela janela do coração!
Quando essa pequena janela se abre, o amor renasce e transforma tudo a nossa volta.
 É como se refletisse no espelho a nossa própria alma que anseia por liberdade, e essa liberdade só se alcança com o coração sereno e cheio de paz.
A paz não cabe em lógica humana, e sim no campo vasto infinito do amor que todos procuramos, mas nem todos aceitamos viver toda a sua plenitude. por isso, muitas vezes nos sentimos assim, meio que estágnados, nescessitados e carentes, procurando alcançar algo que a própria razão desconhece.
Sabemos que a tal da felicidade depende do nosso estado de espírito, e nem sempre procuramos manter saudável nosso interior, preocupamos-nos com nossa saúde física e esquecemos da saúde mental.
Sigamos pois as coisas que servem para a paz e para a edificação  de uns para com os outros.
Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem, pois nós somos lavoura de Deus e edifício de Deus, então, estamos firmados na terra e nem mesmo o maior terremoto poderá nos abalar.
Confiar que tudo é possível e seguir com coragem é o meu lema, por isso resolvi que hoje é o momento certo para deixar de lado toda a mágoa, para viver com o coração transbordando de amor por todas as pessoas, seja ela pequena ou grande, não importa, o que importa mesmo é que agindo desta forma conquistarei a felicidade plena  em todos os momentos de minha existência.

Autora: Herta Fischer

Recomeço

As vezes, sento-me em frente ao computador e não vem nada na cabeça. Tenho vontade de escrever, mas tudo o que me vem é um tremendo vazio. E a frustação é tremenda. Não que eu seja uma escritora nata, mas gosto de viajar na imaginação para brincar com as palavras. E tambem  gosto de falar comigo mesma, e aqui eu posso me expressar da maneira que eu quero, sem que ninguem interfira nos meus pensamentos, ou queita mudar alguma coisa. Aqui nesse espaço, eu sou eu mesma!
E é assim que coloco minha vida em evidência a mim mesma e me sinto viva.
Sei que pode parecer bobagem, mas a vida nos cobra tantas coisas. É um corre-corre danado, quase que não se tem tempo nem para conhecer a sí próprio.
Sou muito habilidosa quando se trata de fazer as tarefas do dia a dia, mas é muito cansativa a vida de dona de casa, e resta tão pouco tempo para pensar em mim, e por causa disto muitas vezes eu fico triste.
Não gosto de reclamar da vida, pois acredito que tudo o que passamos faz parte de um eterno aprendizado, seja estas boas ou ruins. E que sempre é tempo de recomeçar.
E eu recomeço todos os dias , quando o criador me dá forças para acordar, quando milhares de pessoas estão fazendo o mesmo, acordando para um novo amanhecer que promete muitas possibilidades de recomeçar.
Nem sempre a gente consegue falar sobre nossos sonhos com outras pessoas, pois, a maioria gosta muito de falar, mas poucos gostam de ouvir.
Eu, por exemplo, sou uma pessoa que sente muita saudades do tempo em que não tinha televisão em minha casa. Meu pai deitava sobre um saco de estopa, embaixo de um lindo céu estrelado e conversávamos sobre tudo e ao mesmo tempo sobre nada, muitas vezes ficávamos apenas olhando para o céu sem dizer uma só palavra, e era como se naquele momento tivéssemos o mais completo conhecimento um do outro.
Hoje, cada um na sua, ninguém quer saber de conversar, falamos apenas o necessário, e na maioria do tempo nos consumimos com os problemas dos personagens da telenovela, e dos nossos problemas, quem quer saber?
Tudo isso para dizer que eu me sinto muito só, no meio de um monte de gente. Que desperdício! Eu perco, todos perdem, porque chegará um momento em que já não haverá mais tempo para recomeçar!

Autora: Herta Fischer

Fuja das paixões nocivas

Menino, o futuro te aguarda cheio de novidades boas, e se prepara para te dar de presente a felicidade.
Não destrua teus sonhos, fazendo alianças com amigos que não te merecem, afaste-se dos homens maus.
As drogas podem destruir não apenas teus sonhos, mas também os sonhos das pessoas que te amam.
Escolha  viver, recolha as rosas, não espalhe os espinhos que as drogas tem.
Você pode, você tem força, por isso foi também escolha de Deus  te fazer participante de uma vida abençoada.
Não pode simplesmente jogar no lixo, este dom tão precioso que Deus te deu, que é a vida.
Enquanto os homens maus recolhem riquezas as custas de sua pobreza, você vai caindo aos´poucos no fundo de um poço.
Eles se dizem amigos, mas ficam rindo da sua desgraça, deixam você caido na praça sem forças para se levantar.
Pense com inteligencia, pense grande, você não pode se dobrar diante de nada que te faça infeliz, porque mais infeliz ainda se tornará, se por ventura, pensar que seu futuro depende da droga.
Não importa se sua familia te esqueceu, você só precisa de você mesmo para seguir em frente, estude e mostre ao mundo seu real valor.
Para que você entenda esta mensagem, vou tentar contar uma história que muito me ajudou a ser o que hoje sou.
O dia estava quente, era uma tarde de verão. Os passáros cantavam e outros animais descansavam as sombras das árvores frondosas. cada um com seus problemas, traçavam planos para conseguir o que comer.
Eis que repentinamente, como um passe de mágica, iniciou-se um incêndio na floresta. O fogo era tão voraz
e assassino que provocava muito medo para aqueles que habitavam na floresta.
Foi um corre-corre danado. Os bichos atropelavam-se apavorados querendo fugir logo dalí.
Porém essa tarefa se tornou muito difícil, pois os animais estavam entre o fogo e a água, um grande rio cortava aquela vegetação.
Mas, a ajuda veio de um lugar que jamais alguém imaginaria. Um beija-flor pequenininho achou uma solução. Ele não pensava nele mesmo, porque se quizesse poderia facilmente transpor aquele rio, porque ele, o beija-flor tem asas.
Só que ele jamais pensaria em salvar a sua própria pele, deixando seus companheiros abandonados a própria sorte para morrerem queimados. pois a muito tempo compartilhavam do mesmo lar.
Olhou demoradamente para o rio e o rio lhe sorriu, convidando-o a refletir, Então, entendendo a mensagem contida naquele sorriso, começou a trabalhar.
Enchendo seu bico de água e alí armazenando, batia as suas asinhas, e rapidamente as lançava contra as chamas.
Parecia um pequeno aviãozinho adaptado para apagar incêndios, suas viagens eram incansáveis e barulhentas, tanto que acabou chamando a atenção de um bando de leões, que reunidos num canto rosnavam de medo, disputando por espaço.
O rei da selva olhou para o pequeno passáro dando uma estrondosa gargalhada, e com sua voz felina lhe falou com zombaria: -Oh! pequeno ser insignificante, o que pensa que está fazendo? Acha mesmo que sozinho, com essa porcaria de biquinho, poderá apagar todo esse fogaréu?
O pequeno ser não lhe deu atenção e continuou o seu trabalho.
Um monte de animais selvagens chegaram naquele momento, e um tigre percebendo a movimentação, concentrou-se na figura daquele pequeno grande herói, que realizava uma tarefa desproporcional ao seu tamanho e apiedou-se dele.
Resolveu então ajuda-lo, e imitando-o, encheu também a sua boca grande com água e foi lançar sobre o fogo.
Passado algum tempo toda a bicharada pôs-se a fazer o mesmo. Até os elefantes, compuseram um batalhão, enhiam suas trombas com água e esguichavam sobre as chamas.
Não demorou muito tempo, o fogo desistiu de competir com eles e logo foi se apagando, porque as águas chegavam por terra e também pelos ares, tanto eram os trabalhadores que aderiram aquela empreitada.
E todos aplaudiram a idéia do beija- flor que confiou no seu desempenho, pois sabia que o exemplo vale mais que mil palavras.
Moral da história:
Não dependemos de ninguém para escrever a nossa história. Dependemos apenas de Deus para nos dar forças. Foi por acreditar nisso que nosso Senhor Jesus deixou esta mensagem.
Eu sou o caminho, a verdade e a vida.
A verdade. Por que sem ela o mundo vira um caos.
O caminho. Por que o caminho da honestidade e do dever cumprido pode muitas vezes ser árduo, mas quem caminha por ele pode encxergar a luz.
A vida. Por que a vida é muito preciosa, para desperdiçar-mos  vivendo em função apenas do nosso ego, que pode facilmente nos arrastar para a morte.
Devemos levantar a bandeira do nosso pequeno grande herói beija-flor, que não deixou se intimidar com o tamanho do incêndio  que se propôs  apagar. Seu exemplo levou muitos a acreditar que somos capazes, e que essa capacidade independe de tamanho, de idade, de cor ou de religião. Depende apenas de podermos acreditar que os sonhos podem se tornar realidade, basta que trabalhemos para que isso aconteça.
Seja feliz do jeito que você nasceu, puro, eficaz, e sonhador. Não ponha em risco a natureza do criador, afaste-se de pensamentos que não condizem com a verdade, afaste-se de pessoas que distorcem o bom caminho.
Aceite a vida como ela é. Porém não se contente nunca com uma condição que não te faça crescer sadío e feliz.
Não ria daquele que tropeça e cai, estenda a sua mão e o ajude a se levantar, porque um dia poderá estar  precisando de auxilio também.
Use a sua força para ajudar aquele que te parecer mais fraco, porque um dia sua força poderá se acabar e também precisará de ajuda.
Divida sua riqueza com os pobres, porque um dia poderá precisar de algo que o dinheiro não compra.
Presenteie com sorriso aquele que só sabe chorar, porque um dia poderá chorar também.
Preencha com amor todos os corações que não aprenderam a amar, porque o amor cobre multidões de pecados.
Diga adeus ao ego, e deixe fluir dentro de você uma fonte inesgotável de gentilezas e misericórdias.
Agindo assim, verá um lindo amanhecer despontar em sua estrada. E a luz do mundo que está se apagando,  com a sua ajuda novamente se acenderá, na mesma proporção do seu amor, e esse amor fará eclodir os renovos como os rebentos das águas inundadas por sua luz.
Seja feliz e ame sem medida!

Autora: Herta Fischer

Vejo uma luz no fim do túnel

Em certos dias de infinita tristeza, recorro a memória buscando no mais escondido dos segredos, rostos de pessoas queridas que já se foram, lugares bonitos que já visitei, momentos de alegrias que já vivi.
E assim como quem não quer nada, encontro motivos para deixar essa tristeza pra lá.
Nesta vida meio doida, onde tudo mesmo é nada, porque o que buscamos de verdade talvez até mesmo não exista.
O que conseguimos hoje , amanhã já náo nos interessa tanto, lutamos para adquirir coisas que as vezes nem usamos, como já dizia o sábio rei Salomão, é tudo vaidade.
É como correr atras do vento, corre, corre tanto e não chega a lugar algum.
Nunca nos contentamos com o que temos, estamos sempre querendo mais, eu creio que toda essa insatisfação é porque temos saudades de Deus e ainda não nos conscientizamos disso.
Através desse pensamento encontrei uma luz no fim do túnel, e decidi que não mais viverei por mim mesma, colocarei a minha vida nas mãos do SENHOR.
E a partir daí, vou começar tudo de novo.
Assim como a terra recebe uma semente e cuida dela para que brote, se fortaleça e viva, eu esperarei que o Senhor cuide de mim, para me fortalecer e para viver em novidade de vida.
Quero amar mais, ajudar mais, conquistar meus inimigos para que se torne meus amigos também, e cultivar no coração um pensamento agradecido.
Buscar na vida somente o necessário, e os excedentes aprender a repartir.
Trilhar caminhos bons, e trazer todos os amigos a caminhar comigo.
Ensinar tudo de bom que aprender, para também aprender com os que aprendem comigo.
Amar os meus semelhantes, assim como Cristo nos amou, de fato e de verdade. Dar a eles minha vida se necessário for.
Sorrir com os que felizes estão, chorar com os que choram também.
Aprender a não fazer julgamento precipitado, ou até mesmo não julgar causa nenhuma, para não correr risco de cometer nenhuma injustiça contra alguém.
Porque quem julga é juiz, e eu não o sou.
Aceitar as diferenças, porque até onde eu sei, todos somos iguais, todos pertencemos a esse mundo igualmente, afinal o sol brilha para todos e o calor que nos aquece não é menor para esse ou aquele.
Ou por acaso, apenas uma classe experimenta a morte?
Não vamos todos para o mesmo lugar? Ou acredita que por ser melhor terá vida eterna? Ainda mais se por suas ações mostra não acreditar em Deus.
E é justamente palavra inspirada por Ele que avisa que pobre infeliz é o homem que deposita sua esperança apenas nesta vida, porque aqui vivemos tão pouco,que morrer aos setente anos é morrer ainda criança.
Deixemos de lado nossa arrogância para viver no mais profundo amor, aprendendo a respeitar para que também possamos ser respeitados por todos. Viva, sorria e seja feliz, eis a luz que pode iluminar o mundo.

Autora: Herta Fischer

Encontro

Eu te encontro na musica, na poesia, na leveza das asas de um beija-flor que voa.
Te encontro no perfume do vento que me toca, na natureza que me espia, no ruído de um sino que soa.
 Eu te encontro no pulsar das minhas veias e nas batidas frenéticas do meu coração.
 Te encontro em todos os sonhos de amor e nas letras de uma bela canção.
 Eu te encontro na brisa da manhã que me acaricia e me abraça,
na dor profunda dessa saudade que não passa.
Eu te encontro em dia de tristeza, numa lágrima de amor,
Te encontro no jardim, no despertar de uma rosa em botão virando flôr.
Te encontro no sorriso de uma criança a brincar,
te encontro de tantas formas, em todos os lugares, porque só sei te amar.

Autora: Herta Fischer

Duas rodas de sonho

Um menino chamado Carlos, nasceu em um lar muito pobre, seu pai vivia de cara cheia, bebia tanto que o apelidaram de pau d’água. Não gostava de trabalhar, e vivia dizendo que trabalho era algo que só quem era muito estúpido executava e vivia dizendo assim: 

-Não sou estúpido a ponto de passar minha vida inteira perdendo tempo com tarefas inúteis! Quero desfrutar minha vida como se deve, gozando boa saúde, sem problemas com patrões e sem contas para pagar.

Carlos é um menino rechonchudo, não que comesse muito bem, estava inchado de ouvir as idiotices do pai. Sua alimentação estava longe de ser uma dieta equilibrada, sua salvação eram as frutas que eventualmente colhia nos quintais dos vizinhos. Se não fosse isso, coitado! Morreria de fome!

Certo dia, quando não suportando mais ver seu pai de barriga para cima, perguntou-lhe:

Pai, como você consegue ficar o dia inteiro sem fazer nada?

E o pai em um tom preguiçoso lhe explicou:

-Filho! Quero que você aprenda desde cedo que trabalhar faz mal á saúde, não vê que sua mãe está cansada de tanto trabalhar. Sai toda manhã para limpar a casa dos outros, enquanto nós dois aqui, morrendo de fome! Será que ela não percebe que a vida é para ser vivida, não para morrer exaurida com tantas tarefas! Veja, ela não liga a mínima para mim, vive reclamando o tempo todo, não vê que o que faço é o melhor para mim, pois se viver trabalhando vou ficar velho muito cedo.

-Mas, pai! Se ela não trabalhar, quem compra mantimentos aqui em casa? Quem paga o aluguel? Se não fosse por meio dela e de seu trabalho nós moraríamos debaixo de uma ponte e passaríamos necessidades!

-É, seria bem melhor morarmos debaixo de uma ponte! Assim, não precisaríamos pagar aluguel e nem água! Aproveitaríamos para lavar nossas roupas lá mesmo, e eu até teria uma piscina para relaxar em dias de calor!

Carlos levantou seus olhinhos opacos para o pai, cruzou os bracinhos e abriu um largo sorriso.

- Puxa! È mesmo! Se morarmos embaixo da ponte, ganho uma piscina sem custo, e mamãe não precisará mais economizar água para lavar nossas roupas!

-É isso aí, filhote! Vê que não pode ser tão ruim quanto parece? E ainda te digo mais! Sobraria tempo para pegar uns peixinhos para comermos com aqueles pães duro que dona Maricota nos dá de vez em quando. Mulher pão dura!

-O quê?

-Dona Maricota é uma pão dura!

-Só porque o pão que ela nos dá é duro?

- Filho! não é por isso! É que ela poderia nos dar mais alguma coisa além dos pães, você não acha?

-Mas pai! Ela não tem obrigação nenhuma de nos sustentar! Tem?

-Obrigação, obrigação ela não tem! Mas cadê aquele espírito de misericórdia?

-O que é espírito de misericórdia, pai?

-Ah! Uma coisa relacionada com ajudar quem precisa!

-Mas as pessoas vivem dizendo que não devem nos ajudar, porque você bem que poderia trabalhar! Dizem também que minha mãe é uma santa por suportar um homem vagabundo vivendo as suas custas!

-Carlinhos! Quem foi que falou isso?

-Todas as pessoas falam!

-Ah! É pura inveja o que elas sentem! Veja bem, eu acordo muito cedo, antes mesmo que o galo cante já estou de pé. Só que sou diferente, levanto bem cedo só para ficar mais tempo á toa, aproveitando a vida. Enquanto as pessoas vão trabalhar sonhando em ficar ricos, eu já me considero um homem rico!

-Você é um homem rico pai?

-Sim! de tempo! Tenho muito tempo para não fazer nada! Como e bebo como todo mundo, só que com uma diferença. Não sou estúpido!

-Que é estúpido pai?

-Estúpidos,são pessoas que passam a vida toda trabalhando, enchendo suas casas de coisas inúteis que só servem para trazer mais trabalho, Quando já estão tão velhos que já não dá para dar um passo sem se arrastarem, param de trabalhar e pensam em aproveitar a vida! Que aproveitar a vida que nada, aproveitam as suas dores e a revolta contra os planos de saúde e de aposentadoria que são tão precários e desleal. E o que é pior, não dá para voltar atrás e fazer tudo diferente! Então o que lhes resta?

-Não sei pai?

-Han! Resta lhe esperar a morte!-Por isso que eu não sou bobo, deixo sua mãe trabalhar porque ela gosta, se ela gosta não posso fazer nada!

-Mas pai! Se ela não trabalhasse, como viveríamos?

-Ah! Carlinhos, nós viveríamos de caridade!

-Caridade? O que é caridade mesmo?

-Já lhe disse! É o mesmo que misericórdia! Alguma coisa relacionada com ajudar os outros.

-Ahh! Assim como a Maricota? Aquela que nos dá pão duro e que por isso você a chama de pão dura.

-Sim, mas não é por isso que a chamo de pão dura! Isso também eu já lhe disse.

-Pai

-Fale!

-Ontem a professora me falou umas coisas!

-Que coisas filho?-

- Ela me falou que precisamos estudar bastante, para poder arrumar um bom emprego!

- Ela falou isso?

-Falou! E disse mais! falou que o trabalho é digno,que todos nós deveríamos trabalhar para não dependermos da tal da misericórdia dos outros.

-Ai, ai, ai! Eu bem que falei para sua mãe não por você na escola!

- Você quer que eu seja burro como você!

-Eu não sou burro! Já lhe disse! Eu sou é esperto, e esperteza não se aprende na escola. Sabia!

- E o que se aprende na escola então?

-Ah! sei lá ! Acho que na escola só ensinam blá, bla, blá!

-Não é não pai! Eu estou aprendendo os números, e já sei contar até dez, e ainda não aprendi o bla, bla, bla, mas o ba, be, bi, bo bu!

-Há, há, há, há, há,ha!

-Porque está rindo?

- Estou rindo do seu jeito de colocar as palavras e acho você muito inteligente para a sua idade, filho!

-Puxa! acha mesmo que sou inteligente?

-Acho sim! E sua mãe também acha! Ela vive dizendo isso. Por falar em sua mãe, vamos parar de falar nisso. Ela está chegando! E não conte á ela nada do que lhe falei, certo!

-certo!

-Oi, filho!

-Oi, mãe! Como foi seu dia hoje, cansou muito?

-Não! O trabalho pode ser revigorante.

- Não é o que o pai fala!

-Eu sei o que o seu pai pensa a respeito de trabalho e não gosto nada disso! Você sabe.

-Sim, mãe, eu sei! Então, porque ainda está com ele? Você o ama muito?

-Sim, eu o amo muito e também preciso dele, aliás, você também precisa da figura de um pai, embora não seja o pai que sonhei para você!

No começo eu tentei fazer com que ele mudasse, mas com o tempo percebi que pau que nasce torto, morre torto!

-Pau que nasce torto morre torto! Que é isso?

-Quer dizer que não adianta brigar e brigar para consertar algo que a gente julga errado, nós devemos ter paciência e esperar que o que está errado se conserte sozinho. E... Talvez um dia seu pai caia na realidade e mude, não porque queremos, mas porque ele mesmo queira mudar, você entende?

-Acho que entendo, e não quero ser como ele!

-Que bom, meu filho! Isso prova que você não herdou o genes ruim de seu pai!

-Nunca ouvi essa palavra..Genes?

-Genes, quer dizer uma característica hereditária. Cada individuo gera característica do pai e da mãe, sejam características boas ou ruins..

-Ah! Então espero que tenha todas as características suas! Eu quero trabalhar como você, Quero dar pros meus filhos tudo que meu pai não deu pra mim, não quero acordar cedo para ficar mais tempo á toa e nem morar embaixo de uma ponte por causa dos pernilongos! Não quero viver da caridade de pão dura e nem aproveitar a vida sem fazer nada.

-Caridade de pão dura? O que é isso?

-O pai me falou que dona Maricota é pão dura!

-Seu pai falou isso? Meu Deus, que exemplo ele dá para você!

-Que sorte eu tenho por causa do tal genes, não é mãe, senão eu seria igualzinho á ele! Não que eu não goste dele, eu o acho divertido, mas não concordo com o fato de que não goste de trabalhar.

-Que bom meu filho! Fico feliz que você tenha idéias próprias e que não siga os maus conselhos de seu pai!

-É mãe! Eu ainda vou provar ao meu pai que ele está errado! Mas prometo á você que será sem briga!

-Está bem! Agora é hora de dormir que já está tarde!





O sonho





Enquanto Carlinhos dormia, seu espírito de garoto vagava em sua própria estória.

Em sonho Carlinhos já se casara e para seu desespero era igualzinho ao pai.

-Olha Rosinha! Que ponte enorme! É aqui que vamos viver, podemos aproveitar aquela porção de terra seca, Veja!

-Está bem Carlinhos! Já que não há outro jeito!

Pai!

-Fala João! O que você quer?

-Como podemos viver aqui? Não tem cadeira, nem armário, nem cama! Onde vamos dormir?

--Ah, João! Para tudo se dá um jeito! A cama se faz de capim, o armário de barranco e cadeiras, teremos muitas, podemos nos sentar em qualquer canto onde haja pedras no chão!

-.Vamos comer o que?

-Viveremos de misericórdia!

-Misericórdia è comestível, pai?

-Não, mas através da misericórdia dos outros, sempre haverá o que comer!

-Não entendi!

-É assim! Está vendo aquelas pessoas que passam lá em cima da ponte. Pois é! Quando elas nos vêem morando aqui ficam com pena e nos dá o que comer! Entendeu agora?

-Ah! Agora eu entendi o que é misericórdia! Misericórdia são pessoas trazendo comida pra gente, certo?

-É! Mais ou menos isso!

Rosinha resolveu interferir na conversa.

- É, João! Pena que a misericórdia não paga aluguel para ninguém! Por isso estamos morando embaixo esta maldita ponte!

-Porque a misericórdia dos outros não pode pagar nosso aluguel, pai?

-Ara! Nem tudo é perfeito filho! Até mesmo pessoas que tem um bom coração é pão duro!

Rosinha olha desconsolada para o marido e pergunta-lhe:

-Carlinhos, onde vamos dormir? Na terra?

-Não! Eu e João vamos procurar algum capim seco e jornais velhos!

-E onde vamos arrumar isso, pai?

- Andando um pouco nas bordas do rio, acharemos!

E os dois caminham lado a lado conversando.

- Pai, acha mesmo legal dormirmos debaixo dessa ponte?

-Acho! Você vai ver que será muito divertido!

- Prefiro morar em uma casa, mesmo que ela seja pequena. É mais seguro!

- Já lhe disse João: Não temos dinheiro para pagar aluguel!



-E, se você arrumasse um emprego?

-Deus me livre! E acabar como todo mundo, sendo escravo de trabalho! Nem pensar!

-Porque você pensa que trabalho escraviza?

-Ara! Gente que trabalha não tem tempo para ver o sol nascer, nem para contemplar a beleza das estrelas!

-E porque não?

-Quando levantam de manhã, mal tem tempo para tomar seu café, nem olham para o céu. Saem tão apressados, entram em seus carros, enfrentam um trânsito desgraçado. Quando chegam ao seu local de trabalho, se trancam em suas salas como se fossem bichos enjaulados!

- E a noite, também trabalham?

-Aí é que está! Chegam tão estressados em casa, que mal falam com a esposa e com os filhos!

-Homens que trabalham não falam?

-Eles falam Joãozinho! Só que o cansaço é tanto que eles preferem assistir televisão, ao invés de conversarem com a família!

-Credo, pai! Falando assim, eu também acho que quando crescer não vou querer trabalhar!

- Joãozinho! Acho melhor voltarmos para a ponte. Acho que a quantidade de jornais que pegamos já basta!

Ao voltar para a ponte Rosinha está pulando miudinho de tanto medo e raiva, e vai logo descontando no marido.

-Carlinhos! Como pode ter um coração tão egoísta assim? Deixou-me aqui sozinha, no meio do nada!

- Mãe, não brigue com o pai desse jeito, ele não te deixou sozinha no meio do nada, ele te deixou em baixo de uma ponte!

-É, Joãozinho! Teu pai me deixou aqui, embaixo dessa ponte horrível. Agora que vocês voltaram, eu preciso falar uma coisa muito importante para ele. Vá brincar um pouco perto da água!

-Está bem, mãe!

E lá se foi Joãozinho saltitante e feliz.

- O que foi mulher, não está satisfeita?

-Como posso estar satisfeita, Carlinhos, nem sei o que vamos comer no jantar!

-Vou ver se pego alguns peixinhos. Fique tranquila Rosinha!

-Não! Eu estou dizendo que vou embora, volto para casa de meus pais e levo nosso filho comigo.

-Mas, Rosinha! O que foi que eu fiz?

-A pergunta é: O que foi que você não fez? Porque você nunca faz nada, joga todo o seu tempo fora. Faz coisas inúteis a vida inteira. Eu não queria dizer isso, mas você é um perfeito marmanjão, vagabundo e infeliz.

-Infeliz não! Infeliz não! Posso ser tudo isso que você falou, mas infeliz eu não sou.

-Eu vou embora agora! Fique com a sua ponte, com seus peixes e com sua burrice. Adeus!

-Não Rosinha! Não! Fique! Fique!

O despertar

-O que está acontecendo Carlinhos! Porque está berrando desse jeito? Acorde!

-Mãe! É você?

-É claro que sou eu, quem mais poderia ser?

-Sei lá! Eu estava sonhando.

-Percebi!

- Mãe! Eu era igualzinho ao pai..E passei um sufoco.

-Se você era igual á seu pai, eu até já posso imaginar. Agora, volte a dormir, está bem!

-Está!

No dia seguinte:

-Oi Carlinhos!

-Oi professora!

-Vamos entrar que as crianças nos esperam na sala de aula!

Já na sala de aula:

-Hoje, nós vamos falar da importância da educação para o futuro. Uma pessoa bem instruída consegue um bom emprego, também consegue um salário digno para sustentar sua família. Portanto, é por isso que vocês estão aqui para aprender a ler e escrever, todo homem que se casa tem a obrigação de trabalhar para sustentar sua família. Caso ele não queira trabalhar, que também não se case! Vocês ainda são pequenos, mas ficarão adultos um dia e precisarão enfrentar a realidade dos adultos. Sem um bom emprego, como farão para sustentar os seus?-Bem, por hoje é só! Guardem seus materiais, e até amanhã!

Ao chegar em sua casa:

-Pai, a mãe ainda não chegou?

-Não!

Carlinhos vai ao quarto e como está demorando, seu pai vai ver o que está acontecendo.

-Carlinhos! O que está acontecendo, filho? Você é sempre tão tagarela quando volta da escola. Porque está tão quieto?

-Nada!

-Como não é nada! Posso ver a tristeza em seus olhinhos.

-Não é nada mesmo!

-Fala comigo filho! Nós sempre fomos amigos. O que está acontecendo?

-Sabe o que é pai. Hoje a professora falou sobre trabalho, família e filhos.

- E o que tem isso?

- Ela disse que todo homem tem obrigação de trabalhar para sustentar seus filhos e esposa!

-É!

-É, pai!

-E daí?

-E daí que eu gostaria que você fosse assim! Mas você não é. E aí eu fico triste.

- Não fique triste não! A vida é assim mesmo! Todo mundo acha que o trabalho é bom, eu também ouvi muito isso na escola em que estudei. Por isso que não quis mais ir na escola.

-Você não quis mais ir á escola, só por que diziam que deveria trabalhar?

-Sim, meu filho, eu não concordei com isso e dei no pé!

-E doeu muito?

-Doeu o que Carlinhos?

-O seu pé!

-Que pé?

-Você disse que não concordou e deu no pé!

-É maneira de falar. Quer dizer que saí da escola.

-Ah! E você não quer trabalhar mesmo? De jeito nenhum, nem que seja só para agradar a mãe.

- O que é que posso fazer, não sei fazer nada. Consertei umas bicicletas, mas foi só para conquistar sua mãe. Depois que casamos, fiz uns bicos de pedreiro e não gostei, por isso parei de trabalhar de vez.

-E se nós dois trabalhássemos juntos?

-Você não tem idade para trabalhar!

-Mas, eu quero muito! Eu preciso crescer com responsabilidade, e a professora disse que só a um jeito de crescer. É trabalhando!...E eu não quero ficar pequeno a vida inteira!

-Não se preocupe, você vai crescer, mesmo que se torne um vagabundo. Veja, eu cresci!

-Você cresceu por que trabalhou um pouco!

-O trabalho não tem nada a ver com tamanho, e sim com atitude e escolha.

- Como assim? Não entendi!

-Você escolhe uma profissão, e...mãos na massa.

-Mãos na massa! Assim como quando a mãe faz pão? O que isto tem a ver com profissão?

-Ah, Carlinhos! Você é muito engraçado.

-Porque você ri e fala estas coisas?

-Você é muito engraçado mesmo! Por as mãos na massa quer dizer ir á luta.

-Lutar boxe?

-Não Carlinhos, luta quer dizer esforço, trabalho. Ir trabalhar! Você entendeu agora?

-Ah!

O dia em que Carlinhos fez sua escolha.

Uma bicicleta velha encontrava-se abandonada no porão da casa, e Carlinhos resolveu consertá-la.

-Aí! Como é pesada!

Precisou arrastá-la com muito esforço, até conseguir deixá-la em uma boa posição e iniciou o seu trabalho. Pegou as ferramentas do pai, colocou-as sobre um pano velho ao lado da bicicleta e iniciou a sua luta.

O pai ouviu um barulho vindo do porão e foi ver o que estava acontecendo.

-Carlinhos, o que você está fazendo?

-Consertando a bicicleta velha!

-Como pensa que vai fazer isso?

-fazendo, ora! Você não disse que precisamos fazer nossa escolha e depois ter uma atitude, então!

-Está bem! Vou pro bar tomar umas! Depois volto para saber como está se saindo.

Carlinhos ficou horas a fio, tentando montar seu quebra cabeça, não tinha a menor idéia por onde começar. Quando tentava colocar a corrente de um lado, ela se soltava do outro, Até que desistiu e tentou desentortar os aros. Porém quanto mais tentava desentortar mais torto ficava. Então, desanimado começou a chorar.

-Como é difícil trabalhar, bem que meu pai estava certo!

Ouviu passos na escada, era seu pai chegando.

-E então, Carlinhos! Já conseguiu consertar a bicicleta?

-Não! Nem saí do lugar. É tão difícil ter uma profissão que acho que ser como você é muito menos complicado.

O pai olhou para o filho com pena.

-Filho, ouça bem o que vou te dizer, esqueça a bicicleta! Vá brincar com seus coleguinhas que você ganha mais.

- Brincar não dá dinheiro, e sem dinheiro não dá pra ajudar minha mãe.

--Sua mãe não deixa lhe faltar nada!

-Feijão com arroz...Eu quero comer bolachas, tomar refrigerante, comprar brinquedos, comer frutas.

-Puxa Carlinhos! Você é mesmo maduro pela sua idade.

-Nem verde e nem maduro, não sou fruta!

-Eu quero dizer que você parece gente grande.

-Você acha mesmo que pareço gente grande! Então tenho mesmo que trabalhar!

--Bom, vou me arrepender depois, mas acho que vou te ajudar!

-Você vai me ajudar?

-É garotão. Vou!

E os dois puseram literalmente a mão na massa até altas horas.

-Pai, você é um homem inteligente, sabe fazer as coisas.

-Você acha que sou inteligente?

-É sim pai, veja como consertou a bicicleta, está ficando uma beleza!

A primeira venda

Depois que a bicicleta ficou pronta, devidamente pintada e consertada, veio a idéia de vendê-la.

-Pai! Vamos até a venda do Belo, Lá acharemos comprador para ela.

-Tomara! Pelo menos fazemos dinheiro para compensar o trabalhão que tivemos.

-Fazer dinheiro? Como? O dinheiro já não vem feito?

-É modo de falar Carlinhos. É modo de falar! Quem faz o dinheiro é o governo.

-Quem é o governo?

-É um homem que o povo escolhe para administrar nosso país.

-E o que é país?

- E a terra que a gente mora!

-Eu não vi nenhum governo nas terras que a gente mora.

-Ah Carlinhos, deixa isso pra lá, quando você crescer mais um pouco, vai acabar entendendo. Vamos nos concentrar em vender esta bicicleta.

-Está bom pai!

- Olha lá! É o Chicão.

-Chicão!

-Oi Carlinhos. Oi seu Ariovaldo. Como estão?

- Nós vamos indo bem com a graça de Deus,e o senhor?

-Também! O que é isso? Comprou uma bicicleta?

-Não! Na verdade, estamos querendo vende-la.

-Nossa, eu estou precisando de uma para ir ao trabalho. Quanto está pedindo por ela?

-Quanto o Senhor acha que ela vale?

- Sei lá, uns duzentos reais?

-Para mim está ótimo!

Carlinhos arregalou os olhos, quando viu o homem meter a mão no bolso ,tirar o dinheiro e entregar ao seu pai. Nunca em sua vida vira tantas notas junta e sem conter a alegria exclamou:

-Pai, agora eu entendi, é assim que se faz dinheiro! É uma troca, toma lá dá cá.

-O quê?

- Nada não seu Chicão. É só meu filho falando coisas sem sentido.

- Vamos filho, está ficando tarde, sua mãe já deve ter chegado.

-Obrigado Chico, e até logo!

-Até logo, Seu Ariovaldo!

-Pai! Porque não fazemos umas compras antes de voltarmos para casa?

-Está bem meu filho, você merece. Só que não devemos gastar todo o dinheiro que ganhamos, porque precisamos pensar em investimento.

-Investimento! Você fala difícil e quer que eu entenda? Mas eu nem vou perguntar.

- Não é preciso perguntar, eu te digo assim mesmo. É que com uma parte do dinheiro nós vamos comprar acessórios para bicicletas, eu gostei de ter dinheiro novamente em minhas mãos. Isto é bom!

-O que você quer dizer com isso?

-Quer dizer que vamos comprar bicicletas velhas, transformar em novas, vende-las e ganhar mais dinheiro, entendeu?

-Você vai trabalhar?

-Vou! Você me convenceu de que ser vagabundo não é certo quando temos uma família para sustentar. Depois que me contou daquele sonho, quando foi morar embaixo de uma ponte e quase perdeu mulher e filho, eu não paro de pensar nisso.

--Vou correndo contar para minha mãe, até que enfim, você entendeu! E nem precisou de briga, até que enfim.

-Mãe, mãe, manhê!

-O que foi meu filho, até parece que viu assombração.

-É que meu pai disse que vai trabalhar.

-O quê? É bem pior do que eu pensava. Você pirou?

-Não pirei nada! É verdade bem verdadeira, meu pai disse que vai trabalhar porque gostou de ter dinheiro nas mãos.

-E como ele conseguiu dinheiro?

-Sabe! Aquela bicicleta que o Adão deixou quando foi embora daqui. Então eu e meu pai á consertamos e conseguimos vender.

-Não posso acreditar! Como você conseguiu essa proeza?

-Que é proeza mesmo?

-Como você conseguiu esse milagre?

-Milagre? Não fui eu que fiz. Acho que é Deus, aquele que é misericordioso,não sei como ele gostou do pai, só sei que gostou.

-E onde está se pai agora?

-Já está chegando, trouxe até algumas compras.

-Aposto que já gastou todo dinheiro em pinga.

-Não, ele não bebeu nem uma gotinha e com uma parte do dinheiro ele comprou umas coisinhas gostosas para comermos. E com outra parte ele vai comprar bicicletas velhas para consertar.

-Só acredito vendo!

E a mãe de Carlinhos acreditou porque viu seu marido transformado em outro homem, chegou em casa alegre e sorridente, exibindo as coisas que comprara com seu próprio dinheiro. Nos dias seguintes foram de intensas alegrias.

-Pai, só nesta semana você já consertou quatro bicicletas e temos mais quatro para consertarmos. Precisamos trabalhar um pouco mais depressa senão perdemos o emprego.

-Não corremos esse risco!

-Por quê?

-Não somos empregados de ninguém.

-Somos sim.

-Por que você acha isso filho?

-Porque somos empregados das pessoas que tiveram confiança em nosso trabalho.

-Puxa! Você está saindo melhor que a encomenda, quem está lhe ensinando essas coisas?

-Eu sempre presto muita atenção no que as pessoas mais velhas falam, e algumas delas falam que sempre que realizamos algum tipo de trabalho para alguém, somos devedores de resultado.

Se o resultado for bom, ganhamos mais crédito, se o resultado for ruim, perdemos o cliente.

-Filho! E o que é crédito para você?

-É mais dinheiro e mais trabalho, porem, eu gosto mais da palavra trabalho.

-Por quê! você não gosta de dinheiro?

-Gosto! Mais sem o trabalho, o dinheiro não vem.

-Nossa! Você nem parece ser meu filho, de onde vem tanta sabedoria?

-Talvez tenha sido por causa da dificuldade, ela ajuda a gente a melhorar, e melhorando, podemos ter uma vida digna como todos os seres humanos merecem.

-É verdade meu filho, só que muitos são tão estúpidos feito eu, que não conseguem enxergar que muita coisa depende de nós, vivemos dizendo que o governo é culpado por nossa pobreza, mas nós não fazemos nada para mudar. Para sairmos da pobreza, basta que tenhamos dois braços fortes e muita vontade de crescer.

-E muitas vezes nem precisamos de dois braços fortes, basta que usemos nosso celebro.

-O certo é cérebro, Carlinhos.

-Cé-re-bro,foi isso mesmo que eu falei!

-Não importa. Basta que você continue sendo quem você é, sei que você gosta de aprender.

-Não é para isso que nascemos? Para aprender! Quando nascemos não sabemos falar nem andar, depois com o tempo vamos desenvolvendo a capacidade de uma forma tão natural, como se já tivéssemos sabendo de tudo, apenas não lembrando.

-É meu filho você é mesmo muito especial!

Os negócios vão crescendo

-Pai, já não dá para realizarmos os consertos sozinhos!

-É verdade Carlinhos, tem tantas bicicletas para ser consertada, você aprende rápido, porém ainda é muito pequeno para realizar certas tarefas.

-Eu vou crescer e ficar forte igual a você, certo pai?

-Certo! Mas demora um pouco.

-porque você não arruma alguém que seja forte hoje, só pra lhe ajudar.

-Bingo! É uma ótima idéia!

-Porque você falou bingo pai?

-Força de expressão!

-Que é força de expressão?

-Maneira de deixar a frase mais bonita!

-Porque enfeitar a frase?

-O povo inventa certas palavras para tornar mais interessante os assuntos.

-Assim como diz o Zé Cipriano, quando usa a palavra uai?

-É. O Zé Cipriano veio de uma região onde existe uma linguagem diferente da nossa, naquele lugar é comum usar a expressão uai, ela não tem nenhum significado, mas identifica a linguagem coloquial do lugar.

-Acho que já entendi!

-Você é mesmo muito inteligente menino!

-Mas nós estávamos falando de quê?

-De arrumar alguém para nos ajudar!

A mãe de Carlinhos fica maravilhada com a notícia.

-Meu Carlinhos você é mesmo muito especial!

-O pai também fala a mesma coisa, só não sei por quê?

-Ah, você não sabe!

-Não!

-Então, eu vou refrescar essa sua cabecinha de vento!

-Cabecinha de vento! O que é isso agora?

-É uma cabecinha esquecida! Você se lembra quando contou o sonho que teve a seu pai, aquele onde você e sua família foram morar embaixo de uma ponte?

-Lembro sim mãe, o que isso tem a ver com tudo isso?

-Tem que desde aquele dia seu pai mudou muito, ele parou para pensar e concluiu que se continuasse na teimosia de não querer trabalhar, corria o risco de perder nos dois.

-Perder nós dois? Igual eu perdi minha família no sonho?

-Isso mesmo Carlinhos, seu pai mudou de idéia, deixou aquela tolice de pensar que o melhor da vida é não fazer nada e colocou a mão na massa.

-Na massa não, nas bicicletas!

E os dois caíram na gargalhada.

O contratado

-Carlinhos! Vamos até a venda?

-Fazer o que na venda, pai?

-Procurar o Augusto!

-O Augusto, aquele careca de cabelo e bom de barba!

-Careca de cabelo e bom de barba?

-É! Ele não tem cabelo, mas tem uma barbicha que dá gosto! O que você quer com ele pai?

-Nós precisamos de uma pessoa para nos ajudar no conserto das bicicletas, e o Augusto é muito esperto na arte de consertar coisas, eu acho que ele seria um ótimo ajudante, você não acha?

-Acho que sim!

Logo que chegaram perto da venda, Carlinhos não se conteve, saiu em disparada, entrou na venda todo ofegante, olhou para todos os lados, e quando avistou o Augusto tomando uma cerveja, aproximou-se e foi logo despejando toda a sua ansiedade:

-Augusto, meu pai quer que venha trabalhar conosco? Aceita, por favor?

Augusto olhou para o menino espantado.

-O quê?

-Meu pai quer que você trabalhe no conserto de bicicletas! Fui claro?

-Claríssimo! Mas, continuo sem entender?

-É assim, pretendemos expandir nossos negócios, sendo assim, precisamos de mais mão de obra. Por isso estamos te convidando para trabalhar com a gente. Entendeu tudo agora?

Nesse instante o pai de Carlinhos entra no bar e cumprimenta o amigo.

-Oi seu Augusto, tudo bem?

-Vou indo! O Carlinhos me disse que você está precisando de ajuda na sua bicicletaria. Que bicicletaria é essa?

Eu, quer dizer, eu e o Carlinhos estamos trabalhando no conserto de bicicletas. Você sabe que nesta região a bicicleta é muito usada, pois por enquanto nosso meio de transporte está longe de ser eficiente. Então, temos muito trabalho. Como o Carlinhos é ainda uma criança e está aprendendo ainda, temos dificuldade para entregar as bicicletas para nossos clientes. Por isso estou te convidando para trabalhar com a gente. Topa?

--O que você está me dizendo? Você está com febre, ou coisa parecida?

Carlinhos interrompeu a conversa deixando seu pai irritado.

-Sabe o que é Augusto, meu pai não está doente, ele só quer trabalhar.

-Ora Carlinhos, é por isso mesmo que eu estou achando estranho, seu pai nunca foi muito chegado á trabalho. E agora vem com essa conversa!

O pai de Carlinhos olha para os dois sem disfarçar seu desagrado com o rumo da conversa.

-Escute aqui, seu Augusto, com todo o respeito, eu mudei de idéia quanto ao trabalho, e agora estou até gostando.

-Puxa Seu Ariovaldo, me desculpe? Mas, eu te conheço faz tempo e isso é difícil de acreditar. Bem! Se você quer minha ajuda, eu com certeza, aceito a sua oferta de trabalho. Estou muito satisfeito com sua mudança. Quando começo?

-Amanhã mesmo!

Pai e filho voltam satisfeitos para casa e Carlinhos não para de tagarelar.

-Amanhã é meu aniversário, não vejo a hora de completar dezesseis anos para fazer um curso de torneiro mecânico.

-Torneiro mecânico?

-É! Minha professora disse que, se eu fizer um curso de torneiro eu poderei construir todas as bicicletas que querer.

-É mesmo, eu pensei que estava satisfeito com o conserto das mesmas?

-Por enquanto estou! Mas, tenho intenção de progredir.

-Epa! Agora quem está falando difícil é você? Progredir, é!

-Sim! Pretendo ter a minha própria fábrica de bicicleta!

-Noossa! E como acha que vai conseguir?

-Não vai ser muito fácil! Mas, primeiro vem o desejo, ou seja, o sonho, depois a concretização do sonho; entende?

-Carlinhos, você é mesmo um menino muito especial!

Aos dezesseis anos de idade

-Carlinhos acorde! Já está quase na hora do ônibus sair do ponto?

-Ah! Mãe! Porque você não me acordou mais cedo, não posso perder meu primeiro dia de aula.

-Você vai se tornar o primeiro torneiro mecânico da cidade!

-Eu preciso estudar muito, mas não vejo a hora desse dia chegar. Depois de fazer o curso de torneiro, quero fazer também o curso de desenhista projetista.

-Nossa Carlinhos! Uma coisa de cada vez.



Passado um mês

-Pai, o professor pediu para você e a mãe passar na escola, ele quer conversar com vocês.

-O que ele quer, falou para você?

-Não, mas acho que é importante!

No dia seguinte, Carlinhos e seu pai juntos pegaram o ônibus e rumaram para a cidade. Carlinhos e o pai conversavam alegremente, enquanto apreciavam a bela cidade.

-Pai, você tem certeza de que não vai pensar em desistir de tudo e voltar ao que era antes?

-Nunquinha, nunca mais quero ser preguiçoso e alcoólatra. Você, meu filho, mostrou-me que o caminho mais difícil é sempre aquele que achamos ser o mais fácil. Estamos no ramo de conserto á três anos, e eu não me arrependo nem por um instante de ter te ouvido naquele momento em que vi você tomar a iniciativa de consertar aquela velha bicicleta, quando me disse que trabalhar é digno, a partir daquele dia passei a ser respeitado não só por você e sua mãe, mas por todos que me conhecem. Nunca pensei que um filho meu pudesse fazer-me entender que a preguiça é um dos males que nos levam a todo tipo de pobreza.

-Como assim, não entendi?

-Eu era uma pessoa preguiçosa e pobre, não só materialmente, mas espiritualmente também, deixava sua mãe trabalhando feito condenada para nos sustentar, transferi para ela todas as obrigações que a mim cabiam. Só entendi isso quando me contou seu sonho, aquele, quando levou sua família para debaixo de uma ponte, quase que eu fiz a mesma coisa, isso só não aconteceu porque sua mãe é uma mulher valente, me orgulho muito dela e me arrependo amargamente por ter sido tão estúpido.

-Está tudo bem pai, tudo já passou, e o mais importante de tudo isso é que você mudou, e nunca é tarde para mudar.

Ao entrar no prédio onde Carlinhos estuda, seu pai entende mais ainda a razão de Carlinhos querer seguir em frente com os estudos. Tudo lá era perfeito, logo na entrada estava escrito em um grande letreiro “SENAI”. Na grande sala havia máquinas e os alunos, cada um em seu lugar, construindo suas rodas de sonho, acreditando que o futuro brilhava a cada passo que davam.

O professor de Carlinhos veio recebê-los com grande satisfação.-Sorrindo, Carlinhos apresentou seu pai:

-Este é meu pai, um exemplo de pai!

-Seu Ariovaldo, eu te chamei aqui porque me comovi com o seu filho e com a estória que ele nos contou. Vejo nele uma vontade imensa de ser alguém, e quero lhe fazer um convite. Quero que também faça parte da nossa família, aceite fazer o curso juntamente com seu filho! Além do curso gratuito, nossa instituição também arcará com a despesa do transporte para ambos.

Seu Ariovaldo não agüentou de tanta emoção e chorou como criança, abraçado ao seu pequeno grande herói. O tempo passou, Carlinhos e seu pai se formaram, e já podiam exibir seus certificados com grande orgulho. E a partir daí, tudo mudou para melhor.

O sonho concretizado

Carlinhos e seu pai trabalharam dia e noite para conseguir comprar suas maquinas, e conseguiram!

Vieram então outras máquinas, mais máquinas, mais empregados, até que fundaram uma grande fábrica de bicicletas.

-Precisamos achar um nome para nossa fábrica, tem alguma idéia Carlinhos?

-Tenho pai! Nossa fábrica vai ter um belo nome. “Fábrica dos sonhos em duas rodas”! Ou melhor, “Duas rodas de sonho’ ela se chamará.

Assim, Carlinhos casou-se com Rosinha. Teve três filhos, formou os três na faculdade e esqueceu-se completamente do sonho infantil de morar embaixo de uma ponte. Hoje mora no melhor bairro de uma grande cidade, tem uma casa que mais parece uma mansão. Tornou-se um exemplo de empresário de sucesso. Ele e seu pai jamais pensam em desistir e ainda sonham em construir um império.

Sua mãe tornou-se uma dama da sociedade e fundou uma instituição onde cuida de pessoas viciadas.

Seu pai continua a frente do trabalho, como se fosse a única coisa que conhecesse na vida.

Seu Augusto, seu primeiro contratado, agora é seu braço direito e toma conta do setor mais importante da fábrica, a produção.

E Carlinhos, o pequeno grande herói da história, é o mais felizardo dos homens, conseguiu transformar o seu mais absurdo sonho em realidade. Fazer com que seu pai se tornasse num novo homem.

Carlinhos nunca colocou uma só gota de álcool na boca, e incentiva seus funcionários a fazer o mesmo, promovendo palestras e cursos referentes á não consumação de nenhum tipo de drogas, pois aprendeu que o amor é uma arma de transformação contínua e que esta arma estará em suas mãos enquanto Deus lhe der vida.

Autora: Herta Fischer

Total de visualizações de página