segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Retrô.

Ainda não atingi o ápice, mas me esforcei muito.
Bebi da fonte dos dias cheios de trabalho. Comi do prato da imperfeição.
Me encolhi diante da minha ignorância e das vezes em que fui humilhada.
Me deixei abater em minhas suplicas até que as 
lágrimas se secassem.
Me inspirei na proeza dos símplices, que de uma pequena moeda de bronze transformam em ouro.
De uma pequena viajante que sou, destinada a correr riscos, não me distrai diante do perigo.. os enfrentei com a coragem de uma gigante.
Deus dá justamente aquele que nunca pediu... e eu apenas confio.
Nunca perguntei pela sorte, e ela nunca deixou de me seguir, porque não faço aliança com mágoas, nem com caprichos que o dinheiro compra.
Minha aliança é comigo mesma, naquilo que consigo ser, da forma que espero ser, na esperança de ser melhor, mesmo que muitos não compreendam....
Feliz ano novo!
Que seja tudo novo!
Que as bençãos de Deus nos acompanhe!
Herta Fischer.

Desde sempre

Singelo o tempo que não vivi,
que não senti,
por ainda estar entre estrelas longínquas
a procura do impulso do cometa,
que me traria até aqui.
Enquanto ainda durmo, me é preparado
um lugar, uma estadia tranquila sobre
o espaço da gloria do nascer.
Um querer que se faz útil, pré-determinado,
na sorte de com intensidade poder
brilhar sobre uma cidade qualquer.
Com um monturo que se foi
construindo aos poucos
tornando-se infalível a transformação.
Do valor das coisas que não eram
e que agora é.
Tudo se transforma no tempo e
no espaço, até mesmo
a forma de amar.
O fim para alguns podem ser
o recomeço de alguns.
Pois a cada hora que a morte danifica,
a vida se faz mais viva.
Herta Fischer


Mundo são homens

A vida é um jogo que nem sempre nos dá a possibilidade de ganhar.
Porém são as perdas que nos dão mais forças, pois no bem bom, geralmente, não damos valor.
Essa ganância por mudanças nada mais é que desconforto em si mesmo, por não termos o poder de mexer ou mudar a vontade do tempo, e nem seus exercícios adversos.
Se não podemos entortar o direito, nem endireitar o torto, então, vemos o quanto é vão o pensar em "poder".
Por isso, as vezes nos apegamos a algum tipo de crença, que aparentemente, dá uma resposta ao nosso ego, já que deixamos de entender os por quês da vida.
Pobreza e riqueza se misturam, um na necessidade do outro, assim como caça e caçador, embora as vezes nos pareça absurdo e cruel, nada pode mudar a natureza em si, da forma em que foi criada, assim seguirá.
Tudo o que foi criado, peixes, aves, animais, foram feitos para servir, e da forma de servidão são preparados e usufruídos.
A vida em si se mostra misteriosa, em tudo, tanto nas coisas vivas, quanto naquelas que nos parecem mortas aos olhos, porém, mesmo aquelas que aparentemente estão mortas, mesmo assim, estão mudando constantemente segundo a ordem e o parecer do tempo que está nas mãos Daquele que o criou.
O mundo em si já se extinguiu, embora muitos ainda esperem pelo fim, Quando se fala em mundo, fala-se dos homens mundanos, daqueles que antes de Cristo não tinham o conhecimento do Deus vivo, e viviam cultuando seres inanimados, ou simples mortais.
A terra, sim, pode ainda sofrer as modificações, pois tudo que existe, um dia morre, e morrendo se transforma em outra coisa para substituir o vácuo.
Diante do pouco tempo que nós temos, o que mais importa é seguirmos ciente de que vaidades também tem fim, mesmo que corramos a fazer o bem, ainda teremos que saber lidar com as impurezas da carne, pois de forma alguma devemos esperar por recompensas, pois se fazemos o bem para nos vangloriar, o bem deixa de ser bem e para nada se aproveita, exceto para aquele que o recebe.


Herta Fischer

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Amigos para sempre

Eu sempre escrevo, mas, nunca falei sobre"amigos".
Pois é.. hoje eu quero senti-los.
Falar é pouco, para expressar o sentimento que
amigos me fazem.Eu sei que é meio constrangedor, as vezes,
falar de passado.
O que passou nem sempre é bem-vindo.
A História mudou, o palco mudou de lugar,
a platéia diversificou,
insistiu e outras caras é que fazem o espetáculo continuar.
Mas, na sua essência o sentimento é o mesmo.
Amigos, amigos para sempre,
é o que desejaríamos ser.
mas, a vida, a vida insiste em nos colocar em outras situações,
Na evasiva fonte do tempo,
que nos leva,
como as águas de um rio,
as vezes ausentes, outras presentes,
mas, unidos de coração,
o desejo de que todos
sejam felizes.
Neste coração que não envelhece, para mim, você amigo, continuou sendo importante....da mesma forma que quando te conheci.....
Herta Fischer.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Brotos

Há vida contida dentro da caixa.
Aparentemente morta aos olhos confusos,
mas, ao ver da experiência de Deus,
viva para sempre!
Há vida dentro da caixa.
Aparentemente morta aos olhos da mente,
mas. ao olhos da natureza,
onde tudo se transforma,
eleita e preciosa semente.
há vida dentro da caixa.
Aparentemente morta aos olhos humanos,
que no devido tempo,
após as chuvas de março.
vem nascendo os seus renovos.
Há muita vida dentro da caixa,
Aparentemente morta aos faltosos de fé.
mas, para os que ainda acreditam,
esperança no depois,
a morte vencida, nada é.
Herta Fischer.

Inútil homem, inútil mundo

Você já percebeu o inútil mundo, onde as coisas com o tempo se desgastam,
viram lixo.
As vezes até o que chamamos de amor ou amizade, se acabam, ao clarear de um novo dia.
Pessoas não são confiáveis, sentimentos não são eternos, vidas não são para sempre.
Tudo se acaba, quase sempre, e o que fica, ou o que dá continuidade, em resposta ao exemplo que se deixa, fica um tanto pior.
Acredite, sua Pátria não é o que se estende diante dos olhos, numa verdade aparente, é o sentido do que esperamos que faz toda diferença.
Aqui tudo é moído na arrogância, no poder de conquista, no ter cada vez mais, para amontoar e poder fazer valer o poder sobre os pequenos.
Aqui tudo, ou quase tudo tira-nos a esperança de dias melhores, pois, no que nós conhecemos, a dois mil anos, tudo continua na mesma.
Podemos até ter a ilusão de que evoluímos, de que tudo ficou mais próximo, de que tudo ficou mais fácil, mas, ao nos depararmos com nossa consciência, chegamos a conclusão que não, As coisas evoluíram, enquanto sentimentos definham.
Se o mundo acaba, acaba-se os sonhos, mas, em favor da conquista, ao ver da ilusão, isto não tem importância.
Pois, sabendo-se não ser eterno os homens buscam regalias, mesmo que seja para passar adiante, como herança para filhos e netos.
E que se dane os demais, contanto que eles sobrevivam, pois o seu prazer é realmente enganar, fazer de conta, e viver as suas mentiras.
Bem se diz: Poder é uma moeda mais valiosa que o dinheiro, pois, pode comprar ou fazer de conta que compra amizade, amor, e até almas.
Ainda bem, ainda bem, digo eu, que toda regra tem as suas exceções.
Herta Fischer.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Questão de lógica

Vida, pra que que te quero viva.
Sem sabor? não dá!
sem cheiro? não dá!
Sem tato? não dá!
Sem cor?
não dá.
Vida é isso.
Viver, viver e viver.
Aproveitar os bons momentos,
sem desperdícios.
Tocar o infinito nas aspirações.
Buscar amores,
ou simplesmente senti-los.
Nem conheces o teu tempo,
então descubras a melhor
forma de amar, viver, e amar.
E volte a amar novamente,
sem se preocupar com o que se foi,
pois, o que se foi, pode ser
que um dia volte,
mas tudo é uma questão de se.....
Então, não espere que o tempo passe.
Porque se passar, não haverá volta.
Herta Fischer.









Olhos do coração

Tenho andado por ai, entre castelos e sonhos,
da palha faço poesia,
do barro, meu estaleiro.
Um contista esfaimado,
confundido com pandilheiro.
Eu tenho andado por ai,
enfrentando a vida e seus espinhos,
Alice no pais das maravilhas,
castelos imaginários, encantos da trilha.
Vida vivida nas cordas de um violão,
boca pequena e singela,
que de tudo faz canção.
Sou acordes, sou riso,
pela manhã, pela tarde.
Porém a noite sou ilusão.
Quando tudo parece, nada mais é
do que ilusionismo,
pleonasmo ou sofismo.
A vida tem seus encantos,
seus berros, seus movimentos,
mas, tudo que tem o seu tempo,
logo cai no esquecimento.
Herta Fischer.




quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

O seu tempo é você

Num belo dia eu me vi construindo um casulo,
na inteligência da vida,
entrelaçando esperança, uma a uma, nas estrelas eu dormi.
E enquanto a lua cantava, na dança
das folhas, sobre o cintilar do doce sereno, eu cresci.
E desvendando segredo, sobre o novelo, o medo,
eu adormeci.
Ao derreter todo gelo, ao despertar das flores,
no encantamento do tempo, foi eu que sai.
De cores fortes,enfeitada, sonolenta e desengonçada,
de fortaleza me vesti.
Abri meus braços encantada, no inicio da alvorada,
e minhas asas abri.
E sobre um azul imenso, no tempo, no contra-tempo,
ternamente sorri.
Eclode amada minha,
beija a luz do meu amor,
Reveste este jardim de cores,
balança as asas feliz.
Recordes do tempo passado,
em novelos enrolado,
e para o sol jogue teu encanto.
e sobre a lua mostra teu manto,
todo enfeitado de luz.
No eterno abraço do dia,
canta breve a melodia,
da canção da sua cruz.
Que carrega satisfeita,
o sentimento de ter sido feita,
alma nobre que seduz.
Herta Fischer.





segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Vida é como o sol

Num belo dia eu me vi num picadeiro. Era simples esse meu circo, e havia tanta alegria.
Coração de palhaço, alma circense, coração leve.
Pai e mãe repletos de sonhos, olhos cativantes sobre um corpo amadurecido, cujos cachos como uvas doces.
No relance da minha tarde, sonhos vivos pela manhã.
Num sol perfeito do mês de agosto, me preparo para as flores, que de amores e amores ainda vivo.
Sobre essa luz artificial queimo minhas pupilas, e na natura do seu amor encontro a minha cura.
Se soubesse para onde vou, escolheria um doce momento, numa esquina qualquer promoveria aquele encontro.
E elevada na minha procura eu á faria descoberta entre as  cobertas do céu azul.
Que linguagem é essa que me sustenta, enquanto não aprendo. Que sutil diferença entre o que é bom ou mal.
Na minha alma saudosa, você é que me abastece nas primacias perdas,  aprendo o necessário para não morrer ao findar o dia.
Pela manhã nasço relativamente ingênua e pálida. No decorrer do espaço, intensifico meu brilho, numa calorosa saudação. Ao meio do dia, me encontro vigorosa, viçosa e desejada. Porém, ao decorrer da tarde já vou me entristecendo, fraca, desnudo minha alma repleta de tristeza. E quando chega a hora mais fatídica, quando o dia morre, eu com ele, aprendo a dor da despedida.
Mas, no enlace a se seguir, minha alma se agarra mais uma vez no picadeiro que me fez sorrir.
Herta Fischer.




domingo, 15 de dezembro de 2013

Plenitude do sentimento sincero

Aprendi no decorrer dos anos passados, que estamos todos
de alguma forma, aprendendo a amar.
Quando porém, não alcançamos a plenitude do amor, entra a forma vil do ódio,
que causam guerras e divergências constrangedoras.
O ciume promove contendas, capaz de amarrar sentimentos bons, e deixar livres
sentimentos maus.
Ha um mandamento capaz de mudar tudo á nossa volta, capaz até de inutilizar ciúmes..Esse antidoto se chama amor.
Amor não é sentimento em ralação ao outro, é bom comportamento em relação á tudo.
Quando realmente se ama. Se deseja o bem, e o desejo do bem é amor.
Não se explica sentimento, mas, o bem é explicável. Onde existe bom sentimento, não pode haver maus conselhos, nem formas de maldade.
O amor na plenitude da palavra não se dá bem com desejo, pois desejo é impuro, e amor é pureza em si.
sentimento e ação.
O amor entende as razões, não enxerga beleza externa, nem se preocupa com lealdade, pois, a pureza só pode ser pura, é óbvio. Sendo pura, do nada, se faz tudo em todos.
Se é luz, não pode ser trevas.
Quando o Senhor veio a terra na forma de homem, ele veio para nos fazer entender o amor de Deus, e o amor de Deus é infinito, tanto, que comeu na mesa com pecadores.
Não existe salvação que não seja para quem necessita de salvação, ninguém precisa socorrer quem não precisa de socorro, nem remédios que cure o que estão sãos.
Portanto, o amor é socorro, é perdão, é sair de si.
Quem ama não julga, apenas se dá no amor sincero.
Herta Fischer.









sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Utopia


Se eu pudesse desenhar as estrelas na terra,
para que o mundo inteiro pudessem ver
como brilham?
Se eu pudesse espalhar bons sentimentos nos
corações da humanidade, eu o faria!!
Para que pudéssemos andar sem armas,
ante o brilho em cada olhar.
Para que pudéssemos sem preço,
andar com as mãos estendidas.
Para que pudéssemos ajudar aqueles
cansados viajantes do tempo,
a carregar suas cargas.
Tão mais fácil seria andarmos todos juntos,
um auxiliando os outros, na forma mais pura.
Tão mais fácil seria, todos emprestando seu melhor dom.
Tão mais fácil seria sentir mais que o peso de nosso pobre
corpo corruptível, e que no invisível pudéssemos somar
mais que dividir.
Quisera poder enfeitar os homens com corações de amor,
fazer um Tibete eterno na terra, com mãos entrelaçadas,
 como crianças unir-se em orações.
Quisera poder rabiscar o poder da forma mais singela,
onde olhos e mãos trabalhassem sem medir,
quem pode ou não pode receber.
Se somos todos iguais perante a lei, e perante os homens,
Então, sem lei pudéssemos  fazer um lugar melhor,
e perante os homens fossemos divinamente importantes,
tanto, que não pudesse mais ver tantas desigualdades!
Herta Fischer.




quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Borboleta

Quão belo é o ser que se desprende do casulo e aprende como voar.
Sai beijando as pétalas, misturando suas cores magnificas,
se desprende de si, e vive.
Não conhece tempo, nem dores, nem amores. Se dá na alegria da composição de suas asas, e no conhecimento de sua regalada hipótese.
Ser que se transforma sem perguntas, nem respostas,
vai no amor, bate suas asas, enfrenta seus dilemas,
procria nas copas das árvores e confia na divina providência.
Enfrenta as tempéries, mas não deixa de voar.
Nas campinas que te aplaudem, beija a orla com teus lábios quentes,
namora o vento batendo as asas contente, vai em paz!
Que te importa se ainda há tempo, como sabes, sempre há. O fim é sempre recomeço. E para recomeço não há fim...
Herta Fischer.

Verdades e mentiras

Me poupe esse negocio de mentira...
No máximo, devemos ficar calados em nossas verdades, em favor do outro.
No jogo do amor, se é que podemos jogar com vidas. As vezes distorcemos os sentimentos, por haver em nós uma certa necessidade de sentir-se amada(o). Assim a carência nos faz aproximarmos de alguém, e essa carência mascara o sentimento, fazendo com que, por certo tempo pensemos equivocadamente estar amando.
E tem aqueles que saem com pessoas apenas por diversão, sem a preocupação com compromissos. Quando alguém se aproxima de um outro alguém, com intenções de "ficar", é logico que momentaneamente nem pensa em compromisso, vai da outra parte aceitar ou não?
Ai, entra o bom senso! Se aceita, entra em consenso, não podendo mais considerar-se vitima.
O amor se constrói no dia-a dia. Entre experimentos é que se encaixa. E quando encaixa, tem possibilidade de dar certo.
Nunca procure amor em baladas...
Herta Fischer.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Tenho tudo e mais um pouco

Enquanto o mundo explode em consumo,
eu apenas cuido da minha casinha.
Pouco me importa sua vida regalada, na minha não falta pão.
Tenho sempre em minha companhia,
a mais singela alegria
de não precisar pedir.
Enquanto o mundo explode em cosméticos,
eu cuido da minha alma,
não preciso ser escravo da beleza falsa.
O que é belo, é relativo,
pois tem beleza  só por fora,
os que só com isso se preocupam.
Enquanto o mundo explode em dores.
na revolta de um país,
eu me provo em mim mesma,
na dignidade do meu trabalho,
e no que vai aqui dentro
do território que me sustenta,
o aconchego do meu lar.
Aconteça o que acontecer,
meu país é minha fé!
Herta Fischer


Confiança e amor

Tem uma coisa aqui comigo que eu não abro mão.
Da sinceridade do amor pelas criaturas.
Sou uma eterna apaixonada pela obra divina.
Pouco me importa as ações dos homens. Quem julga é Deus.
Eu, simplesmente faço parte na fé pelo que muitos esperam.
Deus em sua infinita bondade sempre nos dá novas chances.
Promove na consciência do homem o mais puro amor,
o que nos afasta dos seus ensinamentos são os desejos impuros da carne.
E distante da carne não poderemos estar,
mas, no espirito com que nos revestiu podemos ser provados.
Aceitos ou não, continuaremos até quando Ele quiser.
Sigo a maratona dos meus dias no trabalho com que me designastes,
sem portanto fazer nenhuma objeção.
Se fico doente, confio.
Não na forma que mutos confiam, mas no querer do Meu mestre.
A morte nada mais é que uma forma de vitória, pois tragada foi a morte pela vitoria de Cristo.
Se por amor do Seu nome padeço, já não me importa mais o quanto,
o que me importa é crer que tudo é passageiro.
Eterna mesmo são as promessas, nesta eu confio, por isso sigo sem medo!
Herta Fischer


segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Somos sombra

Falar de mim é coisa que não me agrada,
se eu pudesse confessar os meus pecados,
eu própria me afastaria de mim.
Eu só tenho que me arrepender
daquilo que fiz fora da consciência,
pois se tivesse uma consciência boa
provavelmente não teria  sido eu.
Construí um pouco de consciência quando
aprendi  a amar.
E também que o amor regenera mais
quem sente do que quem recebe
favor.
Quem quer ficar bom não fica assim,
sempre a esmiuçar e descrever sintomas.
A vida é o melhor remédio e aprender
a corrigir erros é a cura.
Não dá para falar em  espiritualidade para
quem se vê nos prazeres,
porque o mal que cometemos
é fora do corpo,
pois o corpo que nos reveste é
espírito em nós como que plantação de Deus.
A boa árvore dá bons frutos. Leva tempo, mas ao amadurecer, sua essência
é doçura.
Herta Fischer.


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Definição de preconceito á meu ver

Esta na moda agora a palavra preconceito.. Primeiramente é necessário entender o que é e o que significa:  Preconceito (prefixo pré- e conceito) é um "juízo" preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude "discriminatória" perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou "estranhos". Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente. As formas mais comuns de preconceito são: social, "racial" e "sexual".
Embora já saibamos a sua origem, eu ainda quero explicar o seguinte: é puramente humana, por questões sociais ou costumes. Tudo o que foge da normalidade e difícil de digerir.
Como por exemplo:
Se alguém sair nu na rua, vai ser considerado imoral, porque no conceito social, não temos esse costume. Enquanto que, entre os índios isto é considerado normal, então, eles veem de uma forma natural, portanto,  moralmente não os afetam.
Também tem origem, geralmente em pessoas que usam os sentidos para formarem suas idéias preconcebidas. Tudo o que foge do entendimento natural pode ser considerado ameaça.
Quem não respeita a individualidade dos outros, geralmente não tem respeito por si mesma(o), e efetivamente criou suas raízes na sua  criação defeituosa.
Mas, a sociedade em si também tem sua parcela de culpa, ao defender um e deixar de defender outro.
No sentido de que somos todos iguais perante a lei, independente de raça, de religião, ou sexo.
Ao defender um individuo, temos que defendê-lo independente de qualquer aspectos, a discriminação gera violência, e a violência é inadmissível tanto para com mulheres, quanto para com os homens, tanto para com os homo sexuais, quanto para com os héteros sexuais.
 E assim por diante.
Se a sociedade passasse a compreender melhor as escolhas de cada um. E, se, nas suas escolhas, as pessoas também respeitassem  a discordância como uma coisa natural, se a mídia não fizesse tanto carnaval em cima disto, talvez não houvessem tantos preconceitos a respeito de nada.
O homem cria as suas neuroses, para depois tentar corrigi-las, mas isso leva tempo. Não se cria uma boa consciência do dia para a noite, por questões religiosas é difícil aceitar  o avesso dos ensinamentos. O que é certo e direito, não pode de repente não ser mais.
Pregar o direito não quer dizer enfiar goela abaixo na base da força, mas, instruir a aceitação no sentido de que a preservação do homem não tem nada a ver com as suas escolhas e condicionamento, e sim, com o respeito mútuo de uns para com os outros.
Porque andar nu ou fazer sexo publicamente é considerado crime?
Por que fere os bons princípios, a moral e os bons costumes.
Isto não é considerado normal dentro do costume de uma sociedade, porém, depende de como se vê. Nos olhos maus, qualquer coisa que foge ao seu entendimento é considerado perigoso.
Porém, para aqueles que não olham com olhos maliciosos, considerando a naturalidade e não o desejo propriamente dito, o estar nu, significa apenas ausência de roupa.
Então, devemos considerar o que a maioria pensa a respeito e não propriamente o que é certo ou errado.
Considerar justa toda forma de amor está mais para o amor fraternal do que para o amor conjugal, pois o amor de homem e homem, ou mulher e mulher é desejo que na forma circunstancial nasce o carinho, mais não tem nada de natural nisto.
No ver religioso nada mais é do que vergonha.
Então, que se tome cuidado ao declarar público uma ação que não diz respeito aos que em sua consciência para com Deus é considerada pecaminosa, assim como a bigamia e o relacionar-se sexualmente com animais.
Na forma mais pura do que foi feito homem e mulher para procriar, então, o que foge disto é extremamente carnal e desnecessário.
Cuidemos para que não se percam o que já foi feito, uma sociedade só sobrevive sobre regras bem definidas, não pode mudar de repente, sem que antes  se investigue como a maioria vai reagir sobre circunstância de uma mudança radical.
Ou é, ou não é?
Herta Fischer.




















quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Bom dia

Hoje amanheci um pouco mais madura.
A noite é boa conselheira.
Somando as alegrias do dia passado,
eu despertei feliz.
Mais uma etapa a vencer,
e bons amigos para amar.
Sairei, e cantarei a canção dos justos,
para não cansar de agradecer,
por este sol que se levantou
pela manhã.
Que brilhe esta luz no coração
de todos,
e que o amor seja
a nossa verdadeira vocação...
Herta Fischer.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Verdadeiro sentimento

Que me desculpem os amantes.. mas nada é eterno,
muito menos sentimento.
Tudo o que se planta dá, desde que seja bem cuidado.
A terra é fértil, assim como o amor sincero,
o resto é farula.
Dizer que ama, e não cuidar,
é o mesmo que sugar a planta pela raiz,
um dia ela seca.
O amor pode até resistir ao temporal,
desde que, ele passe. Senão a aflição o impede de lutar.
Só ama quem ama o outro, não a si próprio.
A beleza, a paixão,com o tempo passa,
a amizade que se constrói através da paixão é
que acaba transformando-se em amor.
E este amor transformado transcende o tempo.
O amor é controle, auto-estima e lealdade,
não pelo fato de estar grudado como chiclete,
mas de estar de fato ciente de seu compromisso.
Animais não sabem amar,
mas, tem aqueles que mesmo não sabendo o sentido do amor,
ficam juntos a vida inteira.
Então, o amor é comprometimento com o outro,
regras simples como assumir diante do outro,
que se pode amar sobre condições adversas.
O perdão também é uma forma de amor,
o deixar ir quando necessário,
ou deixar ficar.
Essa é a verdadeira condição do amor.. apenas amar...
Herta Fischer.






Enquanto aguenta o sol... vai em frente

Cada dia é uma sementinha plantada pela manhã,
no final da tarde, uma flor colhida.
Belos são os olhos amendoados de amor,
ou esverdeado pela emoção.
Neste campo que se chama vida.
Somos plantações de Deus,
cuja semente, Ele mesmo planta e colhe,
vida e amor se vive,
não se escolhe.
Quando pela manhã o sol nasce,
brilha  mais profundo,
mesmo que aparentemente
tenha morrido para muitos,
no outro lado do mundo.
Todos os dias são santos,
mesmo que no final da tarde
haja colheita.
Do que já foi colhido,
muito mais se aproveita.
Enquanto ainda é flor,
aproveite em seu gozo,
muito mais felicidade há no dia da inocência,
do que na noite do idoso.
Um dia, pétalas delicadas.
sonho e realizações,
no outro pétalas caídas.
Num dia, sorrisos nas chegadas,
no outro tristezas na partida.
Herta Fischer.




terça-feira, 3 de dezembro de 2013

ouro puro

Poucos preciosos amigos,
como ouro garimpado.
não olham aparência,
e sim, significado.
Não tendo rosto,
sentem o coração,
não tendo fala,
ouvem a oração.
Um belo sorriso se ouve,
no eco do vento a soprar,
esse é o verdadeiro
jeito de amar.
Ao olhar para o céu,
as estrelas observar,
é como se me vesse,
no brilho do luar.
Estamos todos
reunidos neste
jeito lindo
de estar....
Herta Fischer.

Total de visualizações de página