sábado, 29 de agosto de 2015

Vivendo para aprender

Bom! mais uma vez cá estou,
despida de qualquer intensão que,
não seja, o de edificar-me.
Preciso desesperadamente de
sustentação, senão, me desfaleço ante
tantos descaminhos, que me colocam a frente.
Tenho mania de andar por ai, pelas internet's da vida,
colhendo um parecer aqui, outro ali.
E me vejo diante de cada situação barbara, onde pessoas, assim
como eu, de carne e de ossos, variando as direções como
se pudessem estar em dois lugares ao mesmo tempo.
Como Já diz a palavra de Deus: -Não da para agradar dois senhores
ao mesmo tempo: Ou há de agradar a um e entristecer a outro.
Temo pelas pessoas que querem  trilhar pelo caminho do bem,
 mas, não estão preparados para isso.
Pensam que, comprando o bem, receberão bem de volta.
Quando o fazem, e não recebem, caluniam o criador como
se Ele (o criador) fosse o culpado por estarem em uma situação ruim.
Vivemos ainda na carne, e a carne, assim como toda e qualquer matéria,
envelhece, adoece e morre. Porque seria diferente com a gente?
Não ha nada em nós, que seja, tão mais importante que qualquer ser terreno
Nascem-se as plantas em grande quantidade, mas nem todas chegam a a ver o sol,
algumas morrem ainda em semente.
Outras alcançam alguns dias, mas, se não estiver sã, também morre cedo.
Somente as mais vigorosas é que chegam a idade adulta para procriarem,
e ainda algumas, mesmo em tal idade, ficam chochas, morrem em idade
avançada, mas não deixam sementes.
Qual a diferença entre elas e os homens?
Porque então, é tão difícil ao homem, aceitar o seu destino?
Não é por isso que vamos abdicar de nossa fé em Deus, o qual nos criou
com o mesmo propósito que criou os animais e as plantas.
 Só deixou claro que os homens teriam domínio sobre tudo,
porque nos dotou de maior inteligência.
Quando Jonas estava no deserto e ficou enfadado porque tinha de ficar ali,
observando o que aconteceria com a cidade de Nínive , O senhor Deus fez crescer
 sobre ele uma aboboreira, pra que esta lhe servisse de sombra, e Jonas, se alegrou
sobremodo por causa da aboboreira.
Mas o Senhor Deus  enviou um bicho, no dia seguinte ao subir da alva, o
qual feriu a aboboreira, e  esta se secou.
E aconteceu que, aparecendo o sol, o Senhor Deus mandou um vento calmoso,
oriental, e o sol feriu a cabeça de Jonas; e ele desmaiou, e desejou, com toda a sua alma
morrer, dizendo:- Melhor me é morrer do que viver.
Então disse o Senhor Deus a Jonas: - É acaso razoável que assim te enfades por
causa da aboboreira? E ele disse: É justo que me enfade a ponto de desejar a morte,
E disse o Senhor: Tiveste compaixão da aboboreira, na qual não trabalhastes,
nem a fizeste crescer; que numa noite nasceu, e numa noite pereceu;
E não hei de eu ter compaixão da grande cidade de Nínive em que estão mais
de cento e vinte mil homens, que não sabem discernir entre a sua mão direita e a sua
mão esquerda, e também muitos animais? (Jonas 4 - Miquéias 1.
Você há de me perguntar: O que tem  a ver com o que estou tentando dizer?
E, eu respondo: Tudo a ver.
Porque Deus tem misericórdia dos animais e das plantas, mas muito mais  misericórdia  tem,dos homens. porque Ele sabe o quanto somos fragilizados quando sofremos.
Certa vez, a algum tempo atrás, minha sogra chamou, eu e meu marido, e nos disse:
-Preciso mostrar a vocês onde está a minha documentação, para que,quando eu morrer, vocês
não fiquem aflitos demais, e acabem não achando as coisas mais importante nesta hora.
Então, meu marido falou para sua mãe: -não fale assim.
E, ela, bem mansamente disse: eu não sei se estou morrendo, mas, pode
 ser que eu morra, pois já estou de idade avançada, e quando isto acontecer, eu não quero que, além da dor da perda, ainda tenham que lidar com o que não sabem.
E foi assim. numa bela tarde, meu filho a achou caída  e sem vida no quarto, morreu sozinha, sem emitir nenhum som.
Todos temos esta certeza.. Nada permanece para sempre, tudo passa,
O corpo carnal está passivo a doenças, mesmo aquelas que ainda se encontram jovem, tudo
dependerá da qualidade dos órgãos que nos compõe. Não sei porque ainda, os homens ficam tão
horrorizados com a morte.
A morte não é definitiva, ainda, é apenas uma passagem para uma outra era que ainda há de vir,
embora não saibamos bem como será, mas num belo dia, assim como uma semente brota,
haveremos de reaver a vida, para encararmos um julgamento. Ai, sim, saberemos se merecemos
continuar vivendo ou merecemos morrer para sempre.
(Hertinha)











sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Politica Brasileira

Hoje eu quero contar um pouco de história.
Quando eu era jovem, tinha muitas coisas que defendia,, sem
conhecer de fato.
Tinha vivido, lógico, alguns anos,mas, não tinha adquirido
muita experiência em relação a outras pessoas.
Mesmo porque, eu não me interessava muito pelas ações alheias, e
confesso; achava que todo mundo era igual, nem passava
pela minha cabeça que as pessoas pudessem ter maldade no coração.
E, sinceramente, eu nunca me senti lesada por ninguém.. para
mim, até a maneira que alguém me assediava, fazia  sentido,
porque eu levava tudo na brincadeira, e achava que era pelo jeito da pessoa,
e não por ela ser maldosa..
Conforme os anos foram passando, e eu, então, tive contato com a política,
precisava votar, e escolhia os candidatos pela cara, ou porque
alguém falava que era o melhor.
Só que, eu pensava:
Nossa! eles devem vir de família rica, porque tem tanto dinheiro para
jogar fora,, Em época de eleições, o chão fica forrado de papeis, e é
candidato voando de lá para cá de jatinho, de helicóptero ou carrões.
Dai , eu pensava:
Para mim, tudo é tão difícil. Acordo todo dia de madrugada, tenho que pegar
um ônibus lotado
para chegar ao trabalho. Trabalho muito, ganho tão pouco, as vezes,
até alguns trocados me fazem falta, E eles, jogando dinheiro fora.
Quando tinha que arrumar emprego, então, era uma maratona, precisava
provar que tinha alguma competência.
E os políticos, não!
Só precisam falar, prometer, ou simplesmente estar filiados a um
partido forte.
Foi então, que comecei a estudá-los por conta própria, e cheguei
a conclusão, de que, não precisavam de nosso voto, que, na verdade,
eles fazem e desfazem de nós, que tudo não passa de uma grande mentira.
Assim como na época do  voto do cabresto, ou do café com leite,
a votação era apenas uma fachada.
Eu me desiludi dessa entidade, e passei a não mais votar, Ia as urnas, porque
me obrigavam, me colocando um cabresto invisível, mas não dava meu voto.
E hoje, depois de quase quarenta anos, todos estão vendo o que é politica!.
Uma podridão sem precedentes. Nós, do povo é que pagamos a conta. Enquanto
trabalhamos duro para conseguir alguma coisa na vida, eles fazem festa, usam
e abusam do poder que nós lhes damos e do dinheiro que nos tiram.
Nós financiamos toda essa gente, mesmo quando não trabalham no governo, pois ganham
do fundo partidário, e de onde sai o dinheiro? do nosso bolso!
Por isso, é que, nem ligam quando jogam dinheiro fora.
O que vem fácil..vai fácil.
O governo, na verdade, não faz nada por você, ele só administra o dinheiro
que você lhe dá, para que ele faça.
Então, quando você perceber que uma obra está sendo feita, ou que, você está
recebendo algum benefício, não é por que o governo é bonzinho, mas é
porque, ele está cumprindo com a sua obrigação, devolvendo-lhe o
que você já pagou para que a coisa pudesse ser feita.
Uma vez compreendido isso, fico abismada com o que fazem com nosso dinheiro, e, em
como gastam o suor do nosso rosto.
Governo deveria ser como qualquer trabalhador que vive com seu salário, não
com regalias de rei, porque com regalias de rei, corre o risco de ficar ou se sentir-se
intocável..
Se nós somos os patrões, e ele trabalha para nós, então, temos o direito de cobrar e
de inspecionar os seus feitos, porque os empregados não podem ser considerados mais
importantes que os patrões.
Deveríamos ter acesso a planilha do governo, pois, não há nenhum patrão, em
sã consciência, que dorme, enquanto seus empregados fazem  o que querem.
(Hertinha)










Frase do dia

Não são os feitos, mas, sim, as intenções que fazem valer o ato!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Preceito do amor

Bom, sabe que eu amo falar de fé!
Algumas vezes, por forças das circunstâncias, eu quase duvidei
da existência de Deus.
Sabe, quando você fica ouvindo as pessoas falarem sobre
diferenças sociais, e que Deus é parcial?
Dá a alguns e tira de muitos? Pois é!
Quando não estamos aptos para entender
os propósitos com os quais
Ele trabalha, ficamos mesmo muito
decepcionados.
Eu duvidava, mas ao mesmo tempo, era tão visível
aos meus olhos, que não poderia imaginar-me sem Ele, e nem
a vida sem um criador.
Então, fui buscar em Sua palavra, o por quê de tudo, e encontrei
todas as respostas.
Por sermos dotados de consciência, é natural que queiramos estar no topo. Porém,
podemos nos classificar como ervas.
"Pois tu os levas como correntes de água; são como um sono:
 são como a erva que cresce de madrugada.
De madrugada cresce e floresce; a tarde corta-se e seca.
Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação,
acabam-se os nossos anos como um conto ligeiro.
A duração da nossa vida é de setenta anos, e se alguns,
pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o melhor deles
é canseira e enfado, pois passa rapidamente, e nós voamos.
(Salmos 90)
É isso mesmo que penso! São tantas horas de enfado, que,
muitas vezes cheguei a desejar a morte.
Para muitos, a vida são desejos, e quase nunca pensam que
um dia vão pagar seu preço, ficam atemorizados com
o fim, que chegam a desejar a eternidade da carne.
Só que com o tempo, nos definhamos, assim como tudo que são um
conjunto de células, não permanecem para sempre.
Só Deus tem a eternidade nas mãos, Somente Ele, pode nos dar
essa eternidade.
Ou melhor: ele já nos deu a eternidade por meio de Cristo, mas, ainda nos
resta algum tempo até que a seara esteja madura, isto é: precisamos
vencer  a  própria carne para que em espírito possamos alcançar
tão grande salvação.
Deus é imparcial, acredite!
Para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade
e honestidade.
Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,
Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.
Porque há um só Deus, e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo
homem. (1 Timóteo 2 v 4
A piedade é o próprio Senhor quando Ele diz;
"E sem dúvida alguma grande é o mistério da piedade: Aquele que se manifestou
em carne (Jesus Cristo), foi justificado em espírito (Jesus Cristo), visto dos
anjos, (Jesus Cristo), pregado aos gentios (Jesus Cristo),crido no mundo, (Jesus Cristo),
recebido acima da gloria) Jesus Cristo. (1 Timóteo 3, 16)
Então, percebi que pouco importa o contar dos anos, e o quanto nos basta, se pouco, ou se
muito, o que importa é aquele que salva.. O que temos que fazer, é estarmos preparados
por quanto forem os nossos anos, para que com toda a honestidade, possamos estar e
agir de acordo com o preceito do amor.
(Hertinha)




domingo, 23 de agosto de 2015

Será que tudo depende de nós?

Mesmo quando ainda não conhecia bem a estrada,
mesmo assim, eu caminhava.
Meu pai, nem sempre me levava nas costas, as vezes, ele
fazia com que usasse minhas pernas, talvez, pela
necessidade de vê-las fortes.
Tive, desde muito cedo, que encarar meus medos, e
na insignificância do eu, tive que me encarar.
Dizem que somos o reflexo da nossa família ou
a soma do que enfrentamos na vida, mas, eu,
as vezes, discordo, porque sempre encontramos
uma maneira de adaptação em meio a reveses.
Ninguém em sã consciência se transforma em
 tempestades, sabendo o quão difícil é encará-la.
Tenho mania de acreditar que, o que é bom já nasce feito,
e o que é mau também.
Somos exatamente como deveríamos ser, cada um
segundo a própria natureza desenha.
Buscamos, sim, uma melhora em nossa conduta, tão logo,
possamos entender onde colocamos os pés, por que
se colocarmos o pé em qualquer buraco, por certo,
sairemos machucados.
Confiantes de que, tudo depende da gente, então, a gente
se molda com um certo sacrifício, só pela intenção
de que, tudo transcorra da melhor forma possível.
Quando amamos, não amamos pela solicitude do
amor, mas pela necessidade de sermos amado, uma troca, apenas.
Nada fazemos para o outro, nem para Deus, fazemos pensando
em benefícios próprios, com a mania de pensarmos somente
em nós.
Na dor da perda, pensamos logo em vida após morte, quando o
ente querido ainda permanece ao nosso lado, brigando com o
mal para que este não nos afete.
E ao pensar em Deus, logo vem a ideia de que, estamos
livres de qualquer perigo, que as bençãos serão dinheiro, prosperidade
e felicidade absoluta.
Na verdade somos apenas a nossa própria face refletida no
espelho da vida, onde o outro passa a ser o reflexo de nós mesmos.
Os que nos convém, passam a ser bençãos, e o que não nos convém,
são considerados castigo, embora as conveniências estejam sempre
em conflito com a nossa própria maneira de ser.
Nunca nos damos por completo, só por medo de não recebermos nada
de volta, queremos moldar tudo segundo o que sonhamos, e nunca
o contrário.
Faça pra mim, que receberá o melhor de mim, porém, se pisar
na bola há de conhecer o meu lado mau.
Agindo assim , a tão sonhada felicidade passa a ser apenas um sonho, porque
seremos felizes apenas quando estamos recebendo. ao apenas nos doarmos
sem recebermos nada em troca torna-se o maior sofrimento,
como se pudéssemos nos colocar no lugar do fruto que apanhamos,
Tudo nos é dado de graça, a vida, o prazer, a conquista, as regras, a família,
os filhos, mas nós insistimos em controlar tudo isso, só
porque nos julgamos capazes.

(Hertinha)







quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Mesmo em face da morte, não amaram a própria vida

Muitas vezes nos deparamos com algum contradizente
aos nossos ideais e idéias.
A algum tempo atrás, isto me entristecia, eu
achava que todas as pessoas precisavam ter o mesmo parecer
sobre as coisas.
No decorrer do tempo, eu fui vendo que isto seria impossível ,
pois estamos vivendo no meio de várias classes de pessoas,
cada uma com  visão ou costumes diferenciados.
O contrapor não é uma coisa nociva, nenhuma árvore nasce de cabeça para
baixo, e nem tão pouco só existem árvores frutíferas.
Tudo tem a sua razão de existir, dentro de um propósito
maior, que, por não entendermos, ficamos tão incomodados.
Passei então a analisar a vida de Jó: homem íntegro, temente
a Deus, que se desviava do mal. Nada fazia sem antes consultá-lo. no entanto, o
diabo foi perante Deus para acusá-lo.
-De onde vens perguntou Deus ao diabo:
Satanás respondeu ao Senhor, e disse: - De rodear a terra e passear por ela.
Perguntou ainda o Senhor ao diabo: Observastes o meu servo Jó?
porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro
e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal.
Então respondeu Satanás ao Senhor: Porventura Jó debalde
teme a Deus?
Acaso não o cercaste com sebe, a ele, a sua casa e a tudo quanto tem?
a obra de sua mão abençoaste, e os seus bens se multiplicaram
na terra.
Estende, porém a tua mão, e toca-lhe em tudo que tem,
e verás se não blasfemas contra ti na tua face?
Disse o Senhor a Satanás: eis que tudo o que ele tem está em teu poder;
somente contra ele não estenda a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor.
(Jó 1,12)
Isto nos remete a nossa própria situação diante do Senhor quando
alguma coisa material nos é tomada. Geralmente nos colocamos
contra Deus, blasfemando contra Ele.
Nesse tempo o diabo tinha contato com o Senhor, e de quando
 em quando, ia a sua presença para fazer acusação contra os homens.
Todavia, ele só teve acesso ao trono de Deus até a vitória de Cristo.
Pois está escrito:
Houve peleja no céu. Miguel e os seus anjos pelejaram contra o dragão.
Também pelejaram o dragão e seus anjos:
Todavia, não prevaleceram; nem mais se achou no céu o lugar deles.
E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás,
o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra e, com ele, os seus anjos.
Então, ouvi com grande voz do céu. proclamando:
Agora veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e
a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos
irmãos, o mesmo que os acusa de dia, e de noite, diante do nosso Deus.
Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por
causa da palavra do testemunho que deram e, mesmo em face da morte,
não amaram a própria vida.
Por isto, festejai, ó céus, e vós, oque neles habitais.
Ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta.
Apocalipse 12; 7,12
Eu não posso falar do dia de ontem, mas, posso falar do tempo em
que, na terra vivo, E do hoje, quando muitos ainda estão tão ligados a matéria.
Ficam aterrorizados com a morte, a ponto de resmungar contra Deus.
Quem dera se pudéssemos ser incluídos na frase:
"Mesmo em face da morte, não amaram a própria vida."
É isso que o Senhor espera de nós, os que, fomos e cremos, comprados com sangue.
Que possamos aqui viver, em meio a tantas controvérsias, supridos no amor de Cristo,
mesmo que tudo nos seja tirado, Até mesmo a nossa liberdade de expressar, mas que,
continuemos firmes na consagração da paz em nome de Cristo.
Foi para isto que nos chamou, para guardar a sua palavra através da obediência.
Pois está escrito:
quando eu estava com eles, guardava-os no teu nome que me deste, e
protegi-os, e nenhum deles se perdeu; Exceto o filho da perdição, para
que se cumprisse a Escritura.
Não peço que os tire do mundo, e, sim, que os guarde do mal. (João 17)

(hertinha)







terça-feira, 18 de agosto de 2015

Ciclo do eu

Se me perguntassem a alguns anos atrás: Quem seria eu?
Sinceramente! eu não saberia responder..Daria
conta de mim, falando de algumas características, mas,
em relação a quem eu era.. difícil dizer.
Hoje, depois de  ver tantas nuvens passarem pelo céu,
eu me atreveria a fazer uma análise sobre meu eu.
Quem sou?
Eu diria que,:posso ser alguma coisa para alguns, e
nada para outros, e menos ainda para outros.
No dia eu existo, ou talvez não!  sou passagem, sou
espaço, sou tempo.
Sou os gostos que meu paladar aprecia, sou
o cheiro que gosto de cheirar, sou, talvez,
preciosa a quem me ama.
Sou pequenos pontos atravessando o deserto,
procurando pelo horizonte, sem jamais encontrá-lo.
Só rastros de passageiro deixo para trás, conforme
sigo adiante, porém, se quero voltar, não encontro
 mais caminho.
Talvez, a memoria ainda guarde certos passos apagados,
 quase sumidos, anuviados no imenso segredo do
trilho do tempo que corre.
Estou submersa na treva, entre a nebulosa corrente
e uma força algoz, aquilo que  arrasta os meus desejos
infantis, é a mesma força que, pressuponho, me domina
e me segura.
Talvez, eu seja, apenas um sonho, sonhado na madrugada,
prazeroso no momento mais sublime, mas que, ao
acordar, já foi totalmente esquecido. Ou então, uma
pequena gaivota parada, guardando suas energias,
para dar o bote certeiro a algum peixe que
passa desavisado na margem.
Sou pederneira esperançosa para fazer faíscas,
espero pelo fogo que nunca se acende. Sei que posso, mas
sou dependente de alguém.
Estou no meio, mas não faço parte de nada, sou tudo
de tudo um pouco, e no pouco me desfaço!
Se me prendem, viro laço, se me soltam, fico escasso, e tão
logo passo!
(hertinha)




segunda-feira, 17 de agosto de 2015

O mundo não me assusta

Eu amo ficar na minha. tenho muitas razões
mesmo sem razão alguma.
Participo da vida, assim, como qualquer um,
Na dança da vida, sou extremamente dançante.
Não quero e nem posso limitar a minha consciência,
pela falta de consciência de alguns, e também, em respeito a
grande maioria que não quer usar a massa cinzenta, me calo,
muitas vezes, para não contradizer. Nem. contra, nem a favor,
conheço-me profundamente, para querer mudar o mundo.
Minha vida só diz respeito a mim, de outra forma, não
faria nada sem consultas.
Estou firme em minhas convicções, independente
de qualquer coisa, Não deveria, mas, confio em mim.
Não porque sou muito, muito pelo contrário, mas, porque
me considero pouco.
Se não houvesse um Deus a me cuidar, se não houvesse essa força maior
a me levar, se não pudesse seguir meu rumo sem minha fé. Então,
teria todos os motivos do mundo para me arrepender.
Na adolescência, assim como muitos, eu também tive meus momentos
de trevas, quando confiava cegamente na minha história, e em minha capacidade
de escrever. fazia mau uso de tudo, dos meus dias, e na arrogância seguia
por caminhos não tão bons.
Conforme fui crescendo, tive que me desfazer de muita coisa, até mesmo
da alegria de ser jovem, de chamar atenção, de querer ser amada por
meus feitos.
Fui concluindo que, meu querer não era tudo, nada me viria as mãos,
sem esforços, e que, até mesmo meus esforços vinham de Deus.
Quantas vezes, diante de minhas fraquezas, eu desanimava, mas, quando
olhava para a capacidade que eu tinha para seguir, ela não vinha de mim,
Sentia fortemente, embora não fosse visível, anjos me auxiliando, e pensava: Não! eu
nunca conseguiria isto sozinha?
Atravessei muitas tempestades, me lavei em muitas lágrimas, perdi meus
entes mais queridos, fiquei totalmente só, cheguei mesmo a duvidar de mim.
Então, literalmente, me vesti de pano de saco, joguei cinzas sobre minha cabeça,
deitei-me ao relento, e me despi de toda arrogância.
Me entreguei a Cristo na totalidade, assim como uma criança machucada
procura pelo colo da mãe. entreguei-lhe minhas dores, meus medos, minhas inseguranças.
Foi então, que tudo se me revelou,
O mundo passou a não mais me assustar, compreendi que tudo é uma questão
de tempo, que o milagre já aconteceu, que eu posso confiar
plenamente no poder de Deus, quando ninguém mais confia, porque
 esperam pela redenção da carne, e, eu, já vivo a redenção espiritual.
Não tenho nada do que me orgulhar, me orgulho em Cristo, que
pela sua imensa misericórdia abriu os meus olhos para que eu
veja apenas a salvação que vem Dele.
(Hertinha)



sábado, 15 de agosto de 2015

Felicidade completa

Tive que viver mais de meio século
para aprender, que, Deus me é necessário.
Quantas vezes eu neguei essa benção, não porque queria,
mas por aceitar as ignorâncias alheias.
Fazia de uma fita, ou de um santinho qualquer
a minha lição de casa, mas, isto nunca me satisfazia.
Tudo andava meio a deriva, e fechado estava
os meus olhos para a verdade.
Dizem que cada um tem a sua versão dos fatos,
a sua maneira de ver, e até mesmo as suas verdades,
mas eu, acho que se houvessem mesmo muitas verdades,
não haveria mentiras.
Foi então, que, mediante a crença num Deus vivo e verdadeiro, pois
só quem vive pode estar presente, e só o que é verdadeiro pode
existir, eu me pus no caminho certo, me coloquei na condição
de pedinte, e na condição de quem necessita, então, achei o caminho
certo que me colocou no melhor lugar para estar.
A escuridão pode facilmente nos levar a crer em qualquer coisa,
pois todos os ruídos nos assustam, e até o farfalhar das folhas
podem nos parecer do outro mundo.
vivia cercada de medo; como mãe e esposa ficava apreensiva
com o mundo da violência no mundo a ponto de não mais dormir.
Tinha medo da morte, medo das circunstâncias, medo
das doenças, medo do escuro, medo do amanhã. enfim, tinha medo de tudo.
Quando porém, o dia tornou-se claro, e a luz tornou-se plena, e cristo se me revelou,
eu pude compreender a ilusão do medo, que produz descrença, que nos leva a escuridão total dos nossos vícios mundanos e nos causa muitos danos,
Essa luz me mostrou o caminho da paz, que não se conquista nas coisas, que não
se compra com dinheiro, que não se conquista no mundo, mas que se constrói dentro de
nós, na forma de uma fé visível.
É como ver anjos subindo e descendo numa tarefa divinal, nos enchendo de
força, nos triando do próprio mundo, onde reina o mal.
Estou no mundo, mas dele não sou, então, mesmo participando de alguma forma, é o mesmo que dele não participasse. existo, mas é como se não existisse, pois meu espírito
está no trono de Deus, onde Cristo reina.
Foi maravilhoso para mim, fazer esta descoberta, pois os meus medos sumiram,
minha alegria se compactou, e não ha mais inconstância em minha fé.
Só falta mais alguns dias, algumas semanas, alguns meses, alguns anos, talvez, mas, já me preparo
para partir. ainda dormirei por algum tempo, mas tenho
plena certeza, de um dia despertar.
E quando despertar, já restaurada, sem contaminações, poiso Senhor Jesus me regerá, me
purificará, e eu com ele me encontrarei nos ares, em jubilo entre meus irmãos, cantaremos
louvores ao senhor, que desde já me coloca no patamar do Seu amor...
(hertinha)

Tire suas próprias cconclusões

Eu tive, no decorrer da minha vida, varias lições
.
Uma delas foi: -Olhe sempre para a frente

Nunca estacione seu carro para sempre!

Prove! não confie em gostos alheios!

Pense que, coisas mortas só servem a urubus!

Pedra ou pau não falam!

Para colher é necessário semear!

Se quer fazer boas colheitas, semeie boas sementes!

Capim é alimento de cavalos!

Não queiras travessar um precipício quando suas
pernas são curtas!

Nunca ofereça flores a um carneiro!

 Não adianta oferecer um filé para quem só gosta
de alfaces!

E principalmente!
Nem tudo que seu pai lhe ensinou, pode lhe servir
Cada fruto tem época certa
de plantio...

(Hertinha)

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Um pouco desse ser que se chama eu

O livre arbítrio serve para que escolhamos o modo em que queremos viver e estar... Quem conhece a escritura sabe....Cristo veio ao mundo para salvar, não para coibir, ou para forçar ninguém á aceitá-lo. Tanto é verdade, que quando Ele conversou com uma pessoa que ia ser apedrejada pelos judeus ele afirmou o seguinte:
"Nem eu te condeno.... Vá e não peques mais"!
Não forçou a mulher, mas, apenas deu o seu recado... Se a mulher ouviu ou não, isto não se sabe...
.Não basta que seja pura e justa
a nossa causa,
É necessário que a pureza e a justiça
existam dentro de nós" 

Se o Senhor criou dois extremos, foi para que aprendêssemos qual se ajusta mais a nossa necessidade!
Sábio é todo aquele que sabe que a vida tem dois lados... que não fica idealizando coisas sem sentido... Que acredita no fim de todas as coisas.. Confiam que o começo , o meio e o fim, se concentra nas mãos de Deus!
Eu confio mais naquele que fala o que pensa, e se mostra como é...Fala mansa nem sempre é sinônimo de confiança!
Os lobos quando estão de cabeça baixa e em silêncio, são os mais perigosos...
Quando foi que você olhou para si mesmo nos últimos tempos?...
Pois é!
Hoje eu fiz isto.. e me deparei com minha consciência, e ela me acusava em vários pontos ...Foi então que eu decidi não mais me expor tanto, decidi então que aqueles que falam em silêncio são os que mais acertam...
De hoje em diante dou-me o direito de ficar calada...
Você pode limpar a água de um pote, mas, nunca o de um rio inteiro....
Este grande pequeno mundo das ilusões,
escondem grandes predadores de almas,
Nas belas porém perigosas fontes de prazeres,
é onde a morte te espreita e te devora....
A vida é como entrar num super-mercado com um carrinho na mão... podemos pegar tudo o que quisermos, de necessidade ou supérfluos, mas não podemos nos esquecer que ao passar no caixa... pagaremos por tudo....
.Só ha esperança para aqueles que depositam confiança em Deus e que fazem de tudo para não olhar para o mal..
Se o mal e o bem existe.. é preciso escolher.
Cada um faz a sua cama...ou deixa de fazer..Há um eterno concerto na vida... Quem escolhe os acordes bons.. tocam boa música e vivem dançando... Quem escolhe os acordes ruins, passam a vida toda penando e chorando. todos passamos por algumas situações difíceis, cada um a sua maneira...Mas, assim como o tempo traz.. o tempo leva...Assim como nós chegamos sem bagagem nenhuma... assim também nos despedimos...Então tudo o que colhemos pelo curso da vida... o que realmente importa...è continuar sem muito peso..
Seja leve como a pluma... Viaje no vento... viva seu tempo... aproveite as experiências ruins para diminuir as expectativas em relação aos outros..Seja feliz por você mesma(o)...Ao se amar fica mais fácil amar os outros....O fim nunca começa pelo meio... o inicio as vezes pode ser o fim... O fim pode ser um novo e belo "recomeço"... Tudo depende do ponto de vista...
Um Ano novo repleto de bons pensamentos que com certeza trará bons fluídos..
Em algum momento alguém se despede e vai embora sem que a gente possa fazer nada...
Fica uma tristeza danada pela perda, mas, o consolador sopra em nossos ouvidos:
Não se entristeça demais, segue seu rumo.. Em uma estação qualquer o tempo promove novos encontros....Deixe os tristes com suas tristezas, os frívolos com suas inutilidades, os descrentes com seu vazio...
Seja alguém que ao passar até as folhas possam bater palmas..Seja honesto...mesmo que doa... procure dizer a verdade....mesmo que lhe custe algumas amizades...
.A estrela principal é a vida......Sem ela não há sonhos nem realizações...
Essa pessoa sou eu:..Ainda faço planos. ainda acredito no amanhã, embora o hoje é que me faz importante.
A conquista esta nos braços do hoje, amanhã é só esperança de um hoje melhor.
Sempre que a estrada se desenha á minha frente, fico feliz em caminhar, o que eu vou encontrando é que determina minha força.
Pois viver significa colher o mel, mas também enfrentar as abelhas!
Não se importe com o tempo...Ele é apenas um ciclo que se completa... onde um acaba... começa o outro...mantenha a primavera da vida sempre florescida, tanto no início quanto no fim....
O essencial se revela na espera....O viver só não me basta, o respirar só é fraqueza, de entendimento eu preciso, mas não do entendimento dos homens que só sabem enganar.
Eu preciso de algo muito mais precioso, preciso de consultas, de linguagem mais culta, de aprender sem me cansar.
Do quotidiano estou farta, de pensamentos em vão me lamento, e o que me surge é um quadro surrealista, que não consegue me formar.
Eu existo, ou sou apenas um sonho, sonhado por alguém, espelhado no alpendre da vida, que me formou e não me supriu.
Sou a negritude das trevas que espera pela luz que nela não chega, sou o rio que de tanto esperar pela água, subitamente morreu.
Sou o que chamam de gente, mais gente não nega a si mesma, gente vive meio sem rumo, mais vive. Gente se alegra com coisas bobas, se consomem com coisas inúteis, que para mim não tem valor.


Não existe bisturi que prolongue a vida, nem dinheiro que compre tempo. nem sacrifícios que agradem a Deus...A não ser o sacrifício do amor...
Você já tentou pensar de uma forma racional?
A sabedoria é perfeitamente racional. Se eu ficasse aqui enumerando o quanto gastamos energias desnecessárias a troco de nada, você ficaria abismado e me chamaria de louca. No entanto, muitas coisas que fazemos, ou pensamos, é irracional,, fazemos, ou por costume, ou por não conseguirmos separar fábulas da realidade
."As vezes é melhor ser uma árvore seca a sustentar um ninho, do que ser uma árvore frondosa que só sustenta ela mesma....
Cancele os teus atritos consigo mesmo. Se renove dentro do homem que existe ai dentro. Viver nada mais é do que se aceitar....
Eu fechei
Fechei as portas para a arrogância,
fechei as portas para o cinismo,
para o desamor.
Agora só quero estar em paz,
e nesta paz , mais plantar do que colher.
Eu só aceito entrar em sua vida
para edificar, somar muito mais que dividir.
Se for por amor, sempre, sim,
mas se não for...me anulo, e sigo só....
Depois de um certo tempo ninguém mais te procura, a gente tem que se "encontrar" sozinha(o).

"O mundo é muito atrativo para os que se perdem
"Não me importo com a cegueira dos outros.. O próprio Deus disse que esclarecerá....E eu confio!
Todo tecido da melhor qualidade tem o seu lado avesso!"

O mais importante é aprender a administrar bem o seu "EU" para que, com suas atitudes não prejudique o outro!
Na mansidão é que se alcança melhores momentos....


Porque somos uma unidade, então, que estejamos assim, amarrados em sentimentos bons".
Ninguém é tão pequeno que não possa carregar seus pesos, nem tão pesado que não possa levitar em seus sonhos.
Não se acha o amor... O amor se constrói no dia-a-dia!****************
Paixão é nuvem..Já o amor é sol....
." Não dá para seguir por dois caminhos ao mesmo tempo....Escolhamos o nosso e caminhemos com
 confiança.."*
Não se martirize por causa dos defeitos alheios.
A verdadeira filosofia da vida consiste em perdoar e compreender a fraqueza dos outros, pois a nossa também é grande!


****

È preciso coragem para aceitar que não podemos prever um amanhã, 
Só se for da vontade de Deus!
Se Deus quiser faremos isto ou aquilo....
Aventureiros somos nós, que saímos de uma barriga, sem bagagem, sem nada, e aprendemos a valorizar o que as traças comem.Mais amor, menos apego!
Que o vento sul nos preencha com a mágica do amor,,E
que o vento norte leve tudo quanto não se faz necessário!

Eu amei cada etapa da minha vida.
Em criança eu abracei a alegria do encanto
de correr, de sorrir, de descobrir.
Na adolescência, eu beijei a minha própria capacidade
de me descobrir, de descobrir o outro,
nas ilusões de poder amar.
Na idade adulta, eu amei com suavidade
aqueles que chegavam, aqueles que se despediam.
Agora, estou descobrindo como chegar na meia idade:
E estou tocando a plenitude de encarar tudo de frente,
até mesmo as limitações que este tempo me impõe.
Pois nem preciso correr, já alcancei mais
da metade de tudo.
E a outra metade posso alcançar sentada, sem
pressa...dividindo cada gotinha de
conhecimento que foram pingando em
todo esse tempo que já vivi...


Não sei vocês, mas eu não gosto de falar em despedidas, porque em qualquer tempo, tempo é tempo. Os homens gostam muito de números, por isso pensam tanto em inicio e fim.
Inventaram para eles motivos para embriagarem e deleitarem em seus prazeres.
As praias cheias mostram o quanto gostam de folgar, não que estejam errados, mas não precisavam agir como desvairados consumistas.
Tudo na medida certa seria mais conveniente, Não importa, ninguém me entende mesmo.
Portanto, fico com minhas ideias, é com elas que construo meus alicerces para que um dia possam despedir-se de mim, sem que eu precise me despedir.....

No dia em que eu não mais puder andar com minhas próprias pernas, que eu não mais puder pensar, refletir e escolher por mim mesma... Então, eu já não terei mais nenhum degrau para subir.....



Vivemos no mundo, mas o mundo não está em nós

Eu poderia facilmente ficar falando... e falando, por horas,
assuntos não me faltam.
Gostaria mesmo, de coração, que todas
as pessoas ficassem preenchidas
de Deus. Só assim, poderíamos amar
sem medidas.
Felicidade é ter plena consciência
de que aqui, tudo é passageiro, e
que um dia ainda, pela promessa, conseguiremos
chegar a um dia perfeito.
Ainda esperam pela vinda de Cristo. Eu creio que
já o temos, pois o seu reinado começou
no dia de sua subida ao céu, quando sentou-se
a destra do Pai.
Tudo se consumou em sua morte, quando comprou
com sangue santo, todos aqueles que viessem a confiar Nele
como Rei e Salvador.
E o mundo nada tem com Ele, pois assim já dizia:
1 João 2:15-17 
"Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vêm do Pai, mas sim do mundo. Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre."
Podemos viver no mundo, mas, o mundo não está em nós, por que não valorizamos
o que está no mundo, mas aguardamos com ansiedade a cidade Celestial.
Quem confia plenamente no poder de Deus, pouco se importa com as curvas.
É assim que eu creio na real felicidade, por isso, logo ao nascer do sol, eu me sinto
como ele, repleta da luz do Senhor, e faço agradecida as minhas tarefas, pois tenho a real satisfação no Senhor...
(Hertinha)


Engolindo sol...

Por isso tenho mania de engolir o sol....
Quando documentamos nossos pensamentos eles deixam de ser exclusivamente nossos. Passam a provocar reflexões e até influenciam a transformação de quem os lê. É a força da palavra.
Eu achei lindo quando alguém comentou comigo:
E hoje, você não vai deixar nenhuma mensagem?
Significa que, embora para mim não seja nada... outros podem valorizar o que escrevo...
Abraços amigos!

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Só sei que vou....

Uns podem, outros não...Está escrito.
Se todos sonhamos, então, todos dormindo estão.
A minha história nada tem a ver com a sua. Se é falta de sorte, ou
sorte demais, quem pode medir?
Todos falam, não é por falta de palavras.
Uns se perdem, outros se acham, alguns vivem,
outros morrem, Quem sou
eu para reclamar.
Quem pode maldizer o que acontece, ou o que não
acontece?
Se depende de mim,,Só alegrias eu quero.
então porque não acontece?
Não posso mudar meu rumo. tem lugar que nem quero estar,
mas se não estou, onde irei?
Escolhas? Eu faço!
E nem sei se é bom pra mim,
mas se estou aqui, eu pago pra ver...
Herta Fischer.

domingo, 9 de agosto de 2015

Pai

Pai
Não posso homenagear alguém que não está mais entre nós.
Só posso deixar registrado que sou um pouco dele, da mansidão
que me rodeava em sua presença. do sabor da solidariedade
com que me amparavas, das vezes em que me ensinastes
com um tanto de dor, um dor dolorida, mas também
convencida de que poderia ser um pouco melhor.
Das vezes em que me olhava com um certo ar de cumplicidade, quando palavras não eram necessárias, pois dos teus olhos transbordavam amor.
Aprendeu a amar do seu jeito, meio torto, meio direito, mas, o legado que me deixou. Ah! isso eu não posso negar, sou
eu um pouco você, seguindo o mesmo roteiro...
(Hertinha)

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

A vida não se apaga

Já  me pediram para escrever com o coração, porém,
aprendi a escrever com as mãos.
Me perdoem!  sou um tanto
vazia. As vezes, me sinto como
se estivesse bem longe.
Não sou como tantos, que fazem questão
de serem perfeitos. Eu me contento
com pouco, estou sempre buscando
alguma razão para tudo.
Amo a nudez dos pés, não faço
questão de sapatos.
 Amo a simplicidade dos fatos, e das coisas,
tudo tem um sentido.
As árvores crescem, perdem suas folhas, outras
se fazem em seu lugar. E dai? porque tenho
que ficar contestando a vida, seus prazeres,
as vezes, idiota, que não fazem nenhum
benefício.
Vivo! Então, para que me preocupar
com o preço do pãozinho, do fumo,
dos impostos, se isto fazem antes
mesmo de eu nascer?
Eu crio o meu mundo, não dependo
de ninguém, Isto se faz com trabalho,
e trabalhar é muito bom.
Não importa, se capinando, ou
entrevado num escritório, o
que conta é seguir.
Se cheguei, algum dia terei
que ir embora, sem saber qual sera a hora,
então, o que me cabe?
Sorrir, seguir, ser feliz!
(Hertinha)




Acaso

Se me permites dizer:
que é o acaso que me leva.
Não sou mais que terra sedenta,
e lírio sem cor.
Cismo que vou
me resolvendo
numa estrada de amor.
por meus olhos saem lágrimas
de dor, que se misturam com
suor, quando não vem
com seu sorriso me compor...
(hertinha)

Apenas sonho

Numa estradinha de terra, margeando
um sonho, eu te conheci.
Era dia claro, no entanto,
ao levantar poeira,
no meio dela, eu te perdi.
Vagueei pela densa revolta,
olhos vermelhos e anuviados,
só pó nas arestas
pranteava, e não mais
respirava sentimento
nenhum.
Tornou-se uma sombra
pelo qual minha alma gritava,
e eu não mais te achava
em lugar algum.
(Hertinha)

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Mutação genetica

Como pessoa, eu me sinto frustrada, penso que,
poderia ser melhor, ou fazer melhor.
Em relação a minha vida, me pergunto as vezes, se
tivesse feito diferente, será que teria sido melhor?
Então, me ligo em Deus, e vejo que não. Tudo o que recebo é para ser
meu, e também o que não recebi, é por não me pertencer.
Lírios se dão bem em brejos, assim como cactos se dão bem com falta de água,
assim sendo, vejo que para nós, os humanos, as coisas não são diferentes.
Foi o Senhor Jesus quem escolheu os seus doze discípulos, e no entanto,
um deles seria o que iria lhe trair. Ele já sabia disto, mas, assim mesmo o escolheu, para
que se cumprisse a decisão de Deus.
Tem tantas pessoas que sofrem por alcoolismo, ou por outra doença qualquer,
ninguém escolhe ser ou não ser, São os propósitos de Deus que interferem na maneira
de ser de cada um, embora, alguns tenham a oportunidade de escolha, quase todos
se deixam levar.
como os animais são dotados de informações genéticas, nós também somos. Muito de
nós já vem programado, e é extremamente difícil, para não dizer, impossível, mudar essa
programação, A menos que, sejamos mudados geneticamente.
Por isso, somos tão parecidos com nossos pais.
(Hertinha)


Sinceridade

Por várias vezes, eu já sentei na calçada da minha casa, e entre lágrimas, perguntei ao Senhor: Para que presto? Só vim ao mundo para fazer peso a terra?
Há quem diga que sou arrogante. Arrogante por quê?
Só porque gosto de ouvir e de falar coisas boas?
Isto, de nenhuma forma significa que sou boa, sou exatamente como todo mundo. preciso comer e beber água, senão eu morro, já fiquei muito doente, precisei ir ao médico. Já fui mal educada com alguns, já maltratei alguns animais por conta de minha irritação.
Só não furei fila porque ninguém deixou, fico envergonhada se alguém me pega em falta. Gosto que me olhem, e que digam que me querem bem. Eu sou assim, não quero ser mais do que isto, pois o que sou é exatamente como Deus permitiu que eu fosse.
Quantas vezes, me redimi dos meus desafetos em relação a alguém, por saber que nunca foi a minha intenção machucá-los, mas quem nunca cometeu nenhuma injustiça? ou fraquejou quando lhe puseram a prova?

Quem em sã consciência não revida uma bofetada? isto não me faz pior que ninguém, o que dói na gente, precisa ser devolvido, senão a gente fica com toda carga, então, há em nós uma certa necessidade de que o outro sinta o mesmo que a gente está sentindo.
Ninguém ri sozinho, então, quando nos ferem, também queremos dividir a dor.
Como humana que sou, eu até me sinto lisonjeada, as vezes, em poder escrever um pouco, em saber fazer isto, de uma forma até inteligível.Pode não ter o melhor modelo, pode até não ser bom, mas, é o que eu consigo,
Nenhum poço dá mais água do que ele tem a oferecer, e assim, eu também, só posso dar do que tenho, palavras.
De resto, se eu for falar, é só esperança.
Sou pobre em muitos sentidos, o que tenho, foi o que consegui através de leituras e mais leituras, a maior parte do que escrevo, são palavras emprestadas, nada que alguém, em algum momento, já não tenha falado.
O real problema é que sou observadora da vida, não sou apenas expectadora, estou atenta a tudo que acontece, e busco respostas para os motivos de acontecer.
Vejo nitidamente, as pessoas sofrerem, por colocarem muitas esperanças no dinheiro e nas coisas, fazem sem pensar, e  não pensam antes de fazer.
Sonham, e depois descobrem que sonhar é uma coisa, e viver é outra. Dai,  ficam amarguradas ao perceberem que tudo acaba virando compromisso. e  que,não é fácil assumi-los.
Sonham em virar princesas, acham que casamento é viver no paraíso, que não precisam fazer mais nada, a não ser amar.
E dão de cara com a realidade nua e crua.
Romance é só para as horas de folga, porque a cobrança bate a porta, e trabalhar é preciso. E a princesa vira gata borralheira, e a fuga é a melhor solução, Sem fada madrinha, o príncipe vira sapo.
e o amor que antes era grande, acaba virando decepção.
E o que é ainda pior, geram filhos, e sem saber cuidar de si, ainda se veem com outra vida para cuidar.
Quem tem dinheiro, paga escolinha particular e joga-os na fornalha dos estranhos. Quem não tem, deixa aos cuidados dos avós, como se eles fossem obrigados a aceitar uma responsabilidade que não é sua.
E assim caminha a humanidade, cada tempo, uma novidade.
Neste meu tempo de hoje, porque ainda vivo, consigo até entender os propósitos das coisas, cada etapa fecha um ciclo, cada ciclo torna-se importante para começar outro.que Também t
chegará ao fim...
(hertinha)






Total de visualizações de página