sexta-feira, 19 de maio de 2017

O dia de realizações

Está chovendo, aproveito o dia, depois do trabalho doméstico,
 aproveitando para me exercitar um pouco.
Não só o físico precisa de exercício, a mente, talvez, muito mais.
Estou mais madura, eu acho!
Não faço mais trancinhas nem friso meus cabelos,
também por dentro, não friso mais nada.
Falo do fim, muito mais que do começo, embora,
as vezes, me incomoda passar, Resolvendo, aqui dentro, que
o tempo parou, que não envelheço, que ainda sou a mesma, mas,
vejo que minto a  mim mesma..A verdade é a verdade, não tem como escapar.
Embora me sinta bem melhor do que antes, quando meus sonhos ainda eram criança,
hoje, mais madura, meus sonhos são maiores.
Já me satisfaço em meus dias, não corro tanto, nem
acho que o mundo se acabará amanhã, embora anão saiba nada
que me acontecerá, mas, sei do tempo, o tempo
continuará.
Creio que tudo está certo, as mentiras e as verdades, cada uma contando de si,
acredita nelas quem quiser.
O que espera, espera! E quem está sem paciência, também espera!
Nada para mim tem muita importância, Só Deus e seus propósitos.
Há de chegar o dia de esclarecimento, O dia em que não mais
precisaremos acreditar, o dia em que já sabedores de tudo descansaremos!
Será como viajar por uma estrada descoberta, quando enfim, já teremos olhos para identificar o
que estará após as curvas.
Quando não mais precisaremos de nada, pois o nada não mais existirá,
só verdades em nosso ser.
Herta Fischer (Hertinha)







Total de visualizações de página