sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Razão para existir e morrer


Ultima do dia; - Tu que professas tanta
confiança no Criador que depois de criar, ainda ofertou a
segurança da vitoria por meio de Seu único filho, para restaurar o que estava quebrado, buscar o que se encontrava perdido, ainda corre atras de alguma coisa, como se ainda buscasse certeza?
Ao obter esta certeza, quando Deus plantou em mim, a fé, que não entrou em mim pelo meu querer, simplesmente, passei a confiar, de fato, que, até mesmo os meus filhos só chegarão onde Deus permitir, se Ele permitir. Foi então, que, meu medo foi embora, passei a aceitar tudo como certo, até mesmo aquilo que me fará entristecer, por não estar sobre meu domínio. Sou apenas uma peça, e como uma peça eu tenho que confiar no lugar onde me encaixo, entre outras peças que também se encaixam, cada uma em seu lugar, mas, que, lá, não ficará por muito tempo, pois, tudo que faz parte do todo em si, em algum momento terá que ser trocado, não significando que será destruído, mas reparado para outros afins, até que dele não se precise mais. porém, a força que sustenta tanto um quanto outro nunca terá fim.. em qualquer momento pode surgir sob outra forma de existir, num outro lugar, num outro aspecto, só o criador sabe e pode criar, fazer existir até mesmo o que não vemos. pois o que vemos tem limites. e o que não vemos, subsisti.
Herta Fischer