quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Ser o que se é

Não adianta cobrar se você mesmo não dá!
Que todo bem comece em nós, acolher também é amar...Pedir
perdão é se perdoar, amar... amor... é sentido de Deus. - Não é o querer, o poder, a sensualidade que se sente em relação ao outro..
E, sim! O melhor que possa ser em tudo! Na presença, na ausência, no sofrimento, na alegria..É ser o que se é, não mudar.
Pois aquele que um dia é, no outro não, não pode ser confiável.
Hertinha