quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Fim de tarde

tenho fobia a pôr do sol,
eu gosto do dia inteiro, completo,
tempo para tudo, sombras
me causam pânico, parece
que tudo morre.
Descobri por acaso, que tudo
que a gente teme, é preciso encarar,
tratamento de choque, sabe?
Quando a tarde deita no horizonte
pronta para dormir, eu saio
para caminhar, e vejo ainda
a luz dançando nas sombras,
escuto pássaros se acomodando
nas árvores, e sinto em mim
um sossego de dar inveja.
Me canso e volto para casa renovada,
assim como o outro dia que a noite
esconde!
Herta Fischer