quinta-feira, 17 de novembro de 2016

O que é para ser meu

Já passei por lugares
sombrios,
quando não me aceitaram,
ou só fizeram de conta.
Aliciando-me
por alguns instantes
até virarem-me as costas.
Não pude ser tudo
o que queriam, também
não foram o que esperei.
Esperei pela delicadeza
do ficar. Mas, ficar
não é para qualquer um,
nem amar serve para
todos os corações.
Um coração, apenas,
um coração que me serviu,
que foi servido no
prato do amor.
preparado com gosto,
para aquele
que o mereceu.
E, merecendo,
me convenceu!
Herta Fischer