sábado, 14 de novembro de 2015

Quase chegando (Quase lá!)

As portas quase se fecham, mas
ainda resta uma fresta
por onde ainda passa luz.
Me regozijo em cada
dia como se me restasse
somente ele, como
se nada mais existisse
a não ser cada minuto
que passa.
Estou saindo de fininho
e quase chegando
no encanto
mais sublime e esperado,
o momento do
meu encontro
com Deus

,Quando todas as portas do mundo
se fecharem, e aquela
porta que se abrirá
mais do que todas as outras
que já estiveram abertas,
quando o caminho se me abrir
repleto da mesma esperança
que me levou, quando
enfim, eu sentir
que me livrei da canseira
de carregar este corpo velho
e perceber que o espirito
continuou intacto, por
Deus ter cuidado dele
como uma mãe amorosa
cuida de seu bebe.
Então, de fato, me
sentirei
novidade,
E este amor que hoje vivo
pela metade,
explodirá como
se tivesse sido
a única porta aberta
que eu não vi.
Herta Fischer